‘Via Rápida Emprego’ forma profissionais para o Porto

Paulo Alexandre estará em formatura de alunos, sábado (10), em Santos

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, em parceria com o Ogmo (Órgão Gestor de Mão de Obra) e o Cenep (Centro de Excelência Portuária) oferece capacitação profissional para trabalhadores que atuam junto ao Porto de Santos. A ação, realizada por meio do programa ‘Via Rápida Emprego’ qualifica 180 profissionais até o final deste mês. Às 15h deste sábado (10), Paulo Alexandre estará em Santos, para participar da cerimônia de formatura de 77 alunos que realizaram este ano os cursos.
O evento será no auditório do Senac (av. Conselheiro Nébias, 309), na Vila Mathias. Em seguida, ainda está prevista a divulgação de detalhes do último balanço das inscrições, realizado este mês.
As modalidades são executadas pelo Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) e incluem Operador de Empilhadeira de pequeno e grande porte. Os cursos são intensivos, com duração de até 3 meses. Em 2012, será realizada mais um ciclo da qualificação voltada à Operação de Guindaste.

Essencial
Para o secretário estadual da pasta, Paulo Alexandre Barbosa, a capacitação realizada pelo programa é essencial para o futuro do Porto, que nos próximos anos deve dobrar sua capacidade de atendimento. “Em 2015, toda a estrutura estará totalmente mecanizada. Essa mudança tecnológica exigirá o aperfeiçoamento dos trabalhadores para a operação dos novos equipamentos”, ressaltou.

Investimentos
A Secretaria, gestora do programa, investiu cerca de R$ 324 mil neste treinamento. Do total, R$ R$ 264 mil foram gastos para a formação de mão de obra e R$ 54 mil pagos em bolsas auxílio e de transporte. “Queremos proporcionar a estes alunos uma formação multifuncional e abrangente”, completou o secretário.

Mais informações: www.viarapida.sp.gov.br

O maior
O Porto de Santos é o maior da América Latina e o único brasileiro servido por todas as grandes linhas regulares. Ele gera 63 mil empregos diretos e indiretos. Em 2010 movimentou 96 milhões de toneladas e recebeu mais 5,7 mil navios.
Em breve, o local passará por obras como a dragagem do canal de navegação, a reformulação do acesso viário e a expansão das instalações portuárias, conhecida como Barnabé-Bagres.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação