Administração fecha parceria com Iphan para resgatar a ‘Cultura Imaterial’, em São Sebastião

Participantes no Patrimônio Histórico Cultural

A Administração sebastianense fechou parceria com o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) para mapear, organizar e catalogar todas as expressões de ‘Cultura Imaterial’ existente na cidade. Para tanto, contando com um grupo de trabalho para pesquisa de campo, cujo intuito é regatar toda a cultura local, o departamento de Patrimônio Histórico foi contemplado com uma verba de R$ 100 mil do instituto e mantém ainda outros  R$ 20 mil da própria prefeitura para, em 6 meses, executar o projeto.

Projeto

A coordenadora e diretora do Patrimônio Histórico, profª Rosângela da Ressurreição Nascimento, é a responsável pela gestão do projeto junto com os integrantes do departamento subordinado à Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo). Segundo ela, desse levantamento e pesquisa será desenvolvida um catálogo com todo o material a ser inventariado, além de um DVD com as informações relacionadas à cultura imaterial do município, a qual é considerada muito rica.

Entende-se por  cultura imaterial o conhecimento que não foi ensinado por meio de livros, registros formais ou ensinamentos sistemáticos, mas sim, aquele transmitido na prática, de forma oral ou visual (por meio de gestos), de geração em geração.

“Tradição e transmissão de conhecimento são fatores essenciais para a continuidade da cultura intangível, também chamada de cultura imaterial, e para a construção da identidade de um grupo, povo ou Nação”.

Rosângela, diretora de Patrimônio Histórico

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação