Bertioga apresenta seus roteiros para ‘Passos dos Jesuítas’

 Bertioga também fará parte do ‘Passos dos Jesuítas – Caminhos de Anchieta’, projeto da Secretaria de Estado de Turismo, que vai reproduzir os caminhos dos jesuítas na região. O detalhamento dos roteiros da cidade foi apresentado em reunião do Contur (Conselho de Turismo), na terça-feira (17). Ao todo, o projeto envolve 13 municípios do Litoral paulista.

O diretor de Assuntos Náuticos, professor José Augusto Coelho Filho, explicou que o anteprojeto de Bertioga conta com 5 roteiros básicos, que poderão sofrer alterações. “O Contur poderá dar sugestões de novos roteiros”, considerou citando Itatinga, Morro da Senhorinha, as capelas e a aldeia indígena Rio Silveira.

Totens

O Governo do Estado vai disponibilizar 4 totens para Bertioga, que serão instalados em pontos estratégicos para identificação do peregrino. Eles ficarão no Forte São João, no Sesc, Indaiá e em Boracéia.

Segundo Augusto, a identificação será feita por meio de um chip eletrônico. O peregrino, ao se cadastrar para a trilha por site específico, receberá um código de barras, que será trocado no local da trilha por um chip. O Governo do Estado também criará promoções para os peregrinos que passaram 12 vezes pelo totem, conforme explicou o diretor.

Cartilha

A prefeitura de Bertioga pretende elaborar uma cartilha com todas as informações sobre o projeto e com toda a estrutura que o andarilho encontrará no caminho.

A previsão é de que todo o projeto esteja concluído até o final deste ano. Antes dos roteiros serem implantados, porém, técnicos da Secretaria Estadual de Turismo irão percorrê-los para verificar a viabilidade.

– Projeto conta com 300 km e envolve 13 municípios (de Peruíbe a Ubatuba)

– Bertioga apresentou 5 roteiros

Com 40 km

Roteiros previstos  

1- Forte São João-Casa da Cultura-sambaquis

2- Forte São João-Casa da Cultura-concheiros

3- Forte São João-Casa da Cultura-mangues

4 – Forte São João-Casa da Cultura-trilhas

5 – Forte São João-Casa da Cultura-passeios náuticos

“Esses roteiros contam histórias antropológicas e geológicas”

José Augusto Coelho Filho, diretor de Assuntos Náuticos de Bertioga

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação