Ciclista morre após cair da ponte rio Itapanhaú

Defensa de concreto está sendo substituída por grade de ferro

Arcílio Gonçalves da Silva, de 53 anos, morador do bairro Sítio São João, em Bertioga, morreu ao cair, com sua bicicleta, de cima da ponte sobre o rio Itapanhaú. O grave acidente aconteceu quarta-feira (23), em um trecho da ponte que passa por obras. A vítima deixou quatro filhos menores de idade.
Ele trafegava no sentido Bertioga/Guarujá, quando, segundo relatado no B.O. (Boletim de Ocorrência), se descuidou e invadiu a sinalização da obra, caindo de uma altura de cerca de 10m, na margem do rio.
De acordo com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), no local será instalado um espaço para pedestres e ciclistas, somente do lado direito da ponte (no sentido Bertioga/Guarujá). A defensa de concreto está sendo substituída por um gradil. Nova defensa, também de concreto, será construída, visando separar a pista de rolamento e a de circulação de pedestres.

Na obra
Segundo nota encaminhada ao JCN (Jornal Costa Norte), o objetivo da obra é aumentar a segurança para pedestres e ciclistas. A previsão de conclusão é maio deste ano.
A reportagem do JCN esteve no local e verificou que a empreiteira contratada pelo DER mantém na obra, durante o dia, um funcionário sinalizando a área, além de instalar cones de segurança.
O caso foi registrado pelo delegado de Bertioga, José Aparecido Cardia.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação