Colucci aponta ao novo secretário de Estado da Saúde a necessidade do Hospital Regional do Litoral Norte

 Saúde é prioridade para o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci (PPS). Assim, ele apontou ao novo secretário de Estado da Saúde, Giovanni Guido Cerri, a necessidade da construção do Hospital Regional do Litoral Norte.

Colucci, que no final de 2010 anunciou a construção de dois novos postos de saúde na cidade, esteve na posse do novo secretário, na última terça-feira (04), na capital.

“O Hospital Regional é uma unidade para atender as quatro cidades, que têm uma população fixa grande e que aumenta muito na época da Temporada. Além disso, com o hospital regional vamos desafogar os hospitais das cidades”, defendeu Colucci.

Parcerias

Giovanni Cerri substitui o médico Nilson Ferraz Paschoa e disse que a proposta será estudada. Segundo ele, novas parcerias serão prioridade em sua gestão. Uma delas será com a Secretaria de Estado da Educação, que visa atingir os jovens e combater o consumo de álcool, além de outras campanhas preventivas, como o combate à dengue. “Pretendemos fazer um cruzada contra as drogas, principalmente com o álcool, que é vetor de doenças e violência de várias naturezas, principalmente entre os jovens. Por isso é importante estarmos na escola, atuantes, fortalecendo a educação e a promoção de saúde”, afirmou Cerri.

Uniforme

O novo secretário pretende ainda estreitar a relação com as Secretarias municipais de Saúde e o Ministério da Saúde para que a saúde pública seja distribuída regionalmente de maneira uniforme.

Cerri pretende reorganizar a referência e a contrarreferência no SUS (Sistema Único de Saúde), com fluxos bem definidos entre os serviços, para que haja racionalidade no atendimento aos pacientes, evitando que casos simples sejam atendidos em hospitais especializados.

Humanização

O secretário também ressaltou a importância da humanização do atendimento nos hospitais e ambulatórios estaduais, como forma de melhor acolher e orientar os cidadãos e seus familiares. “A saúde é apartidária e assim seremos na nossa gestão. Com austeridade e precisão cirúrgica de gestão, vamos conseguir”, disse o novo secretário, médico radiologista, professor titular da Faculdade de Medicina da USP e diretor do Instituto do Câncer de SP, até 2010.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação