Consulta pública abordará recategorização do Arquipélago de Alcatrazes

A Estação Tupinambás, com apoio da Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo) de São Sebastião realizará no dia 30 de março uma única consulta pública para recategorização do Arquipélago de Alcatrazes. O evento ocorrerá a partir das 18h, no Teatro Municipal. O assunto foi levantado no dia 10 de fevereiro, durante reunião de reestruturação do turismo, que também ocorreu no teatro, com a presença de vários órgãos ligados a área.

As ilhas, localizadas na Costa Sul do município, já foram fonte de inúmeras discussões no passado entre ambientalistas e Marinha, mas desta vez, a Estação Tupinanbás, com apoio da prefeitura, pretende envolver a comunidade para participar do processo.

Presença do ICMBIO

A chefe da estação, ligada ao ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), do Ministério do Meio Ambiente, em Brasília (DF), Karen Leite, estará presente no evento para um debate que abordará a recategorização do arquipélago, transformando-o em Parque Estadual.

Na discussão estará envolvida a prefeitura, empresas do setor turístico, ONG’s e a população interessada.

Localização
O arquipélago está localizado a aproximadamente 45 km do porto de São Sebastião. É formado pela ilha principal (Alcatrazes), que possui cerca de 196 hectares; pelas ilhas da Sapata, do Paredão, do Porto ou do Farol e do Sul, além de quatro outras ilhotas não nominadas, cinco lajes (Dupla, Singela, do Paredão, do Farol e Negra) e dois parceis (Nordeste e Sudeste).

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação