Em Cubatão, Samu lança cartilha para padronizar o atendimento de urgência no município

Documento foi elaborado com a participação de diversos profissionais da Saúde

O Samu 192 de Cubatão criou uma cartilha com o primeiro protocolo de padronização dos serviços. A cartilha foi elaborada com a participação de profissionais da Saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, condutores de veículos e técnicos auxiliares de regulação médica (TARM), que apresentaram sugestões para a elaboração do documento.

Ela contém instruções para todos os profissionais envolvidos no atendimento de urgência e emergência, bem como os procedimentos na utilização de equipamentos, atendimento domiciliar e em via pública, transporte de pacientes graves, comunicação via rádio, entre outras.

De acordo com o enfermeiro, Dagoberto José de Oliveira Santos, Cubatão conta hoje com 10 viaturas e mais de 60 profissionais de plantão. “A utilização do POP [Procedimento Operacional Padrão] visa uniformizar e aperfeiçoar o atendimento já existente e adequá-lo à realidade da nossa cidade”.

Ocorrências frequentes

Santos explica que no município as ocorrências mais frequentes são: acidentes de trânsito, pessoas com problemas de diabetes e hipertensão.

Para ele, esse é apenas o início da padronização. A ideia é inserir posteriormente mais informações que auxiliem no atendimento às ocorrências. Para isso, serão marcadas reuniões com representantes da Defesa Civil, indústrias, profissionais da saúde e de outros segmentos. “Nosso objetivo é prestar um serviço de qualidade, que preza pelos princípios da universalidade, integridade e equidade, de acordo com as diretrizes gerais do SUS [Sistema Único de Saúde] e a NOAS-SUS [Norma Operacional da Assistência à Saúde], de janeiro de 2002”, finalizou.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação