Evento alusivo ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso Sexual Infanto-Juvenil acontece no Sesc

A Secretaria de Assistência Social e do Trabalho de Bertioga promove na próxima quarta-feira (18), no Sesc local, evento alusivo ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Na oportunidade, a cidade também comemorará os dois anos de implantação do Creas (Centro de Referência Especializada em Assistência Social). A iniciativa visa apresentar o trabalho desenvolvido pelo Creas, voltado às crianças, adolescentes e adultos em violação de direitos.
Serão conhecidos dados de violação de abuso sexual por bairros; por faixa etária, além da amostragem do trabalho psicossocial e pedagógico realizado com esse público e a importância de articulação dentro da rede de parceiros do Sistema de Garantias de Direitos da Criança e do Adolescente que envolve as áreas de saúde, segurança, educação, Judiciário e Conselho Tutelar.

Registro de casos
Durante ano de 2010, o Creas registrou 34 casos novos de abuso sexual contra crianças e adolescentes. De janeiro a abril deste ano (2011), foram notificados 9 casos. Desses, três são reincidentes, ou seja, outros tipos de violência, como a física e psicológica. Segundo Flávia Domênica, do órgão, a maior incidência de violência sexual infanto-juvenil é registrada nas Chácaras Vista Linda, Boracéia e Guaratuba, onde a presença do Estado é menor. “Porém, nesses bairros, tem a presença da escola, que é um grande instrumento de ajuda, por meio dos professores, que passam a observar o comportamento do aluno. Geralmente, quem comete o crime de violência são pessoas próximas, que a criança ou o adolescente tem contato”, ressalta.

Sintomas
Na idade precoce, predominam os sintomas físicos e comportamentais como: medo, urinar e defecar na roupa, irritabilidade, distúrbios no sono e na alimentação. Já na pré-puberdade predominam sintomas psicossomáticos e de comportamento como: ansiedade, isolamento, depressão, perda de peso e diminuição no rendimento escolar. E com os adolescentes predominam distúrbios comportamentais, psicossomáticos e psiquiátricos, como: fuga de casa, uso abusivo de drogas ilícitas, prostituição, autoflagelação, depressão, entre outros.

Serviço
O evento será no auditório do Sesc-Bertioga, das 8h30 às 12h e é aberto a todos os parceiros do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente. Mais informações no Creas: 3317-6634

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação