Guarujá prepara PM para atender ocorrências de consumidores

O Procon de Guarujá firmou uma parceria com a PM (Polícia Militar)  para orientar os policiais sobre os direitos dos consumidores. Desde terça-feira (31), o órgão iniciou uma série de palestras voltadas aos agentes da corporação. A orientação acontece sempre às 10h20, na Unaerp (av. D. Pedro I, 3.300, Enseada).

As palestras são realizadas uma vez por semana e o trabalho de orientação prossegue até o fim do ano. “O objetivo é capacitar os policias para a abordagem nos estabelecimentos comerciais que infringem os direitos dos consumidores”, explicou o diretor do Procon, Luciano Lopes, ressaltando que, muitas vezes, a PM é acionada e não sabe como agir, por desconhecimento do Código de Defesa do Consumidor.

Direitos violados

Segundo Lopes, além de acionar o Procon, o consumidor que tiver seus direitos violados pode acionar a PM. Dentre as infrações mais comuns, ele citou a falta de produtos, cuja promoção foi anunciada, mesmo que seja no mostruário da loja. Caso isso ocorra, o consumidor tem o direito de adquirir outro produto com as mesmas características, mesmo que o preço seja superior ao divulgado pelo estabelecimento.

Os policiais que participam das palestras recebem um exemplar do Código de Defesa do Consumidor.

ASPAS:

“Guarujá é a 1ª cidade do país a realizar uma ação semelhante”, Luciano Lopes, diretor do Procon

DADOS:

Serviço

O Procon Guarujá fica na rua Washington, 719, centro
Telefones: (13) 3355-6648 ou 3383-2177

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação