Mangue Seco é o foco dos serviços de manutenção

Bairro recebeu cinco equipes com mais de 20 funcionários para efetuarem serviços gerais

Esta semana o Plano de Limpeza Urbana, que vai desde a desobstrução de linhas de tubulações de drenagem até a reorganização de fluxo viário e atende as reivindicações mais constantes da população junto à Secretaria de Serviços Urbanos, como a roçada nas ruas, desassoreamento de valas, desobstrução de galerias e outros serviços básicos esteve no bairro Rio da Granja. Para lá foram encaminhadas cinco equipes com mais de 20 funcionários para efetuarem roçada, desobstrução de linhas de tubulações, limpeza de calçadas com a Operação Cata-Treco, apoiados por 02 retro-escavadeiras e 03 caminhões, que auxiliaram também na abertura de valas.
Um ponto específico do núcleo foi atendido, que é a vala de drenagem principal da Rua Pastor Djalma da Silva Coimbra. Uma máquina retro-escavadeira fez a limpeza e abertura em toda sua extensão, desde a entrada do núcleo até o fundo, onde esta faz a ligação com o Rio Itapanhaú, pois o acúmulo de detritos e assoreamento por conta das enxurradas era muito grande naquele local. Após essa primeira etapa, que é a mais complexa, o nivelamento das ruas será feito por máquinas niveladoras.
Simultaneamente ao Plano de Limpeza Urbana, outras atividades e obras continuam em andamento, como por exemplo, o Jardim Paulista, que recebeu tubulação de drenagem no cruzamento das ruas Francisco Chaves e Professor Edmundo Gomes de Queiroz, onde havia uma interrupção nas manilhas e todo o fluxo das águas pluviais eram desviados para fora do canal e com isso ao material da superfície era removido, gerando grandes pontos de erosão.
Outro exemplo é a implantação da rotatória no bairro do Indaiá em substituição ao semáforo, que vinha gerando transtornos no trânsito local.

City Mar
Outro local que apresenta problema crônico de acúmulo de água pluvial é o Citymar, em algumas ruas. Para atender as solicitações de moradores, uma retro-escavadeira executa o trabalho de abertura de canais interrompidos e até a criação de novos, partindo do fundo do bairro, onde acontece o encontro das linhas de drenagem com o Rio Itapanhaú em direção à frente, passando pelas vias locais até a marginal da Rodovia Rio-Santos, onde existe um aglomerado de estabelecimentos comerciais.

Rodoviária
Segundo a administração municipal, no bairro de Vista Linda, onde será construída a Rodoviária Municipal, a análise de solo foi concluída e a partir dos diagnósticos o projeto de fundação já pôde começar a ser desenvolvido.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação