Papa propõe trem turístico entre o Litoral Sul e o Vale do Ribeira

Iniciativa foi debatida em assembleia com representantes dos cinco municípios e será formado um grupo técnico para tratar do tema

A implantação de um trem turístico com ligação entre o os municípios do Litoral Sul e parte do Vale do Ribeira foi debatida em assembleia extraordinária do Codivar – Conselho de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira e Litoral Sul – na segunda-feira, 15, na prefeitura de Peruíbe. A proposta apresentada pelo deputado federal João Paulo Papa foi analisada pelos representantes das cinco cidades pelas quais podem passar o trem, sendo Peruíbe, Mongaguá, Itanhaém, Itariri e Pedro de Toledo.

O deputado comentou: “Todos estão animados com essa possibilidade. A ferrovia passa por em áreas nobres nestas cidades e são várias as perspectivas e oportunidades. Entre elas, a integração via ferrovia para transporte de passageiros e turistas”. De acordo com Papa, a ideia surgiu em uma reunião com vereadores de Pedro de Toledo e Itariri e contou com o entusiasmo dos prefeitos. Agora, será formado um Grupo Técnico no âmbito do Codivar, com representantes dos cinco municípios, para tratar exclusivamente do tema.

Para o deputado, o momento é propício para se intensificar a discussão, devida a aprovação, pelo Congresso Nacional, da Medida Provisória 752/2016, que trata da prorrogação e relicitação dos contratos de concessão federal. A nova lei abre a possibilidade de o órgão concedente promover alterações nos contratos firmados a fim de solucionar questões operacionais e logísticas além de, especificamente na área ferroviária, desmembrar parte do domínio para que entes federados – como prefeituras – possam implantar o transporte ferroviário de passageiros.

“Surge aí uma boa perspectiva de se para aproveitar não só a vontade dos prefeitos de se desenvolver as cidades no aspecto turístico mas, também, as oportunidades que a nova legislação oferece. A ferrovia está desativada atualmente, porém, no futuro, poderá ser utilizada para várias modalidades, entre elas o transporte de passageiros e turistas”, comentou o parlamentar.

Participaram do encontro do Codivar os prefeitos: Marco Aurélio, de Itanhaém, que preside o conselho; Luiz Maurício, de Peruíbe; Dinamérico Gonçalves, de Itariri; Eleazar Muniz, de Pedro de Toledo. Ainda, o vice-prefeito de Mongaguá, Márcio Cabeça, vereadores e secretários das cinco cidades.

Também presente à reunião, o diretor regional da Associação Brasileira de Preservação ferroviária (ABPF),Carlos Alberto Rollo, ressaltou que apoia “totalmente” o projeto. A entidade possui grande conhecimento na implantação de projetos semelhantes em todo o país, como no município de Guararema e Jaguariúna, interior de São Paulo. O diretor ressaltou que possui veículos como Maria Fumaças que podem ser cedidos para o uso na futura linha turística, além de poder colaborar com a elaboração de projetos. Ele recorda: “Esta região possui uma ligação histórica com os trens, pois muitos municípios surgiram por conta da Estrada de Ferro Sorocabana e das estações construídas no início do século passado”.

Para que o projeto seja implantado, o deputado Papa informou que buscará mais apoios: “Vamos convidar o governo de São Paulo para participar das discussões. Em Brasília, farei contatos com o DNIT e a ANTT, além de acionar a empresa que hoje detém a concessão da ferrovia. Será preciso ajustes e reformas. Ainda há muito por fazer, mas hoje demos um primeiro passo para realizar esse sonho. Agradeço aos prefeitos por toda a dedicação”.

Foto: Assessoria/Dep. Papa

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação