Povo Guarani realiza encontro na Aldeia Ribeirão Silveira

Na ocasião, prefeito Orlandini assinou autorização para edital de licitação do Centro Comunitário Guarani

A Aldeia Ribeirão Silveira, em Bertioga, realizou no último final de semana (25 a 27/02) o ‘Encontro dos Povos Guaranis’, com o objetivo de preservar a cultura indígena, principalmente entre os mais jovens. Durante o evento, práticas da cultura Guarani, como o preparo de alimentos, as danças e os cantos, foram desenvolvidas. Para o cacique da tribo, Adolfo Timóteo, o evento também foi uma forma de confraternização.
Um dos pontos altos da festa foi o batismo das crianças, realizado pelo pajé Inácio. “Fazemos a cerimônia com mel, como forma de mostrar a beleza da cultura Guarani”, contou. Para o pajé, a cerimônia de batismo é a forma de demonstrar para os mais jovens a importância de Deus. “Ele criou todas as coisas”, considerou.

Centro Comunitário
Como parte das comemorações do Encontro, no sábado (26), o prefeito de Bertioga, Mauro Orlandini (DEM) assinou a autorização para publicação do edital de licitação para início das obras do Centro Comunitário Guarani.
O equipamento será viabilizado por meio de convênio entre a prefeitura e a Secretaria de Estado da Habitação, com recursos de R$ 210 mil. A área tem cerca de 12 mil m² e fica em terras indígenas, próximo ao trevo da Juréia, em São Sebastião.
No local, os índios poderão comercializar o artesanato, realizar cursos e palestras. Atualmente, o artesanato é comercializado às margens da rodovia Rio-Santos (SP-55).

Dança e música
Ainda durante o Encontro, a comunidade Guarani realizou apresentação de dança e música para o público presente, composto por secretários da Administração, o presidente da Câmara, Marcelo Vilares (PTB) e membros da Imprensa.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação