Prazo de adesão ao Refis é prorrogado em Cubatão

A prefeitura de Cubatão publicou decreto nesta quinta-feira (30) prorrogando o prazo final de adesão ao Programa de Recuperação Fiscal, o Refis, para o dia 28 de fevereiro de 2011. O prazo anterior esgotava-se nesta quinta (30).

A finalidade do Refis é regularizar a situação fiscal de contribuintes com débitos junto à Fazenda Pública do município, sejam pessoas físicas ou jurídicas que tenham impostos vencidos até o dia 31 de dezembro de 2009. A adesão ao programa deve ser feita por meio de requerimento à Procuradoria Fiscal, no Paço Municipal, na Praça dos Emancipadores, s/nº, centro da cidade. O requerimento pode incluir todos os débitos do contribuinte ou apenas os que ele indicar.

Os débitos serão recalculados, tendo como base a data do efetivo pagamento, que pode ser feito em até 60 meses, desde que cada parcela não seja inferior a R$ 50. Há abatimento de 50% sobre multa e juros para os débitos parcelados em até 12 meses, o desconto que cai para 25% nos casos de parcelamento entre 13 e 24 meses.

Documentos

Para aderir ao Refis, o contribuinte deve trazer cópia do documento de identidade, comprovante de inscrição no CPF da Receita Federal, cópia do comprovante de residência, termo de confissão de dívida assinado e declaração de renúncia aos procedimentos administrativos ou judiciais, cuja finalidade seja a impugnação dos débitos relativos ao requerimento de adesão. Mais informações nos telefones (13) 3362-6483 e (13) 3361-6187.

Pela internet

E, desde esta segunda (27), os contribuintes que desejam saber informações sobre a situação fiscal ou até imprimir a 2ª via do carnê do IPTU, possuem mais uma opção: a prefeitura disponibilizou em seu site oficial www.cubatao.sp.gov.br o link “2ª via de tributos ou taxas” para que o contribuinte que está em outro Estado, viajando ou não receber o seu carnê do IPTU pelo correio até o dia 05 de janeiro de 2011, possa imprimi-lo por meio dessa ferramenta. É importante salientar que o contribuinte deve estar de posse do número de inscrição imobiliária ou CPF para ter acesso ao serviço. No carnê do ano passado há estas informações.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação