Prefeitura de Bertioga vai contratar 32 patrulheiros do CAMPB

Após a assinatura, o presidente do CAMPB, José Martins Filho, ressaltou a importância da entidade estar sob o comando da sociedade civil: “Hoje completamos o primeiro estágio da retomada do CAMPB. Conseguimos estruturá-lo como uma entidade aparti­dária. Independentemente de quem es­tiver prefeito, o CAMPB vai continuar sendo a mesma entidade”, destacou.

O vereador Ney Lira, um dos pro­tagonistas da retomada do CAMPB em Bertioga convoca as empresas a participarem. “Existe um entendimen­to da legislação do jovem aprendiz, que as empresas têm a obrigação de contratar de 5% a 15% de funcioná­rios do programa, porém, mais que uma obrigação, precisamos do enga­jamento dos nossos empresários na contratação dos aprendizes”.

De acordo com a direção do CAMPB, já foram admitidos cinco patrulheiros no Condomínio Morada da Praia, em Boracéia, outros cinco na Sociedade Amigos da Riviera de São Lourenço e dois na Diretoria Municipal de Trânsito, contratados por uma empresa privada, que presta serviços ao setor.

Para o mês de abril a Câmara Muni­cipal e o Hospital Bertioga, sob gestão da Fundação ABC (FUABC) devem contratar mais oito patrulheiros.

Participaram da solenidade autorida­des de Bertioga, integrantes da diretoria do CAMPB; membros de entidades de servir da Cidade, como Lions Clube, Rotary Club e Maçonaria e voluntários envolvidos diretamente no processo de reativação do CA

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação