Profissionais da Saúde participam de capacitação sobre câncer infantil, em Bertioga

Dr. Gustavo Neves citou casos de câncer de olho, entre outros

O GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil), de Sorocaba (SP) realizou workshop de capacitação em diagnóstico precoce do câncer infantil para os profissionais da Saúde de Bertioga, nesta quinta-feira (26), na sede do Lions Clube.
Os médicos onco-hematologistas Gustavo Neves e André Matheus falaram sobre a importância do diagnóstico precoce da doença. “São 12 tipos de câncer e alguns contam com sintomas parecidos”, esclareceu Matheus, lembrando que o mais comum é o de abdômen, que pode ser identificado pelo aumento da barriga.
Segundo o secretário da Saúde de Bertioga, Manoel Prieto Alvarez, o Manolo, não existem crianças em tratamento de câncer na cidade. “Mesmo não havendo casos que a prefeitura tenha conhecimento, é necessária a capacitação dos profissionais para detecção precoce da doença”, disse.
O GPACI é uma entidade beneficente, sem fins lucrativos que atende crianças carentes em cerca de 40 municípios na região de Sorocaba.

ASPAS
“O câncer tem um tratamento muito caro.” Mª Lúcia Neiva, presidente do GPACI

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação