Queda de barreiras e acidentes com mortes são registrados na Rio-Santos

Atropelamento aconteceu nesta quinta-feira (3)

Além de acidentes de trânsito, trecho da rodovia Rio-Santos (SP-55), entre as cidades de Bertioga e Santos, foi palco de deslizamentos de terra, nos últimos dias. A forte chuva que caiu por volta das 21h desta quarta-feira (02) na região litorânea provocou a queda de barreiras em pelo menos três pontos da via, entre os km 236 e 237, local conhecido como Monte Cabrão, próximo à divisa entre os dois municípios. Não houve registro de vítimas, mas o incidente provocou o fechamento completo das duas pistas da rodovia para o tráfego de veículos, neste trecho, por cerca de 6h, até que o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) retirasse toda a lama e as árvores que desceram da encosta.
O trânsito passou então a ser desviado por meio da Balsa de Bertioga, que dá acesso ao Guarujá e também pela rodovia SP-061. A liberação das duas pistas da Rio-Santos ocorreu somente por volta das 3h de quinta-feira (03).
A situação prejudicou muitos motoristas, incluindo os moradores de Bertioga, que retornavam de Santos e Guarujá.
Segundo o DER, a UBA (Unidade Básica de Atendimento) de Cubatão e a Polícia Rodoviária providenciaram a sinalização do trecho com painéis luminosos durante a interdição até a retirada das barreiras.

Monitoramento
Por meio de nota encaminhada, o DER informou estar monitorando e analisando todos os pontos da rodovia para reforçar a segurança dos motoristas. “A plataforma da pista em toda a extensão da estrada está em perfeitas condições. Obras de emergência já foram providenciadas nesses trechos com deslizamento e o controle das encostas é feito com avaliação de inclinação de árvores, rachaduras nas áreas e presença de corrente de água com barro. Todos os pontos de encosta que foram recentemente recuperados permanecem estáveis”, garantiu o DER.
A área que sofreu a queda de barreiras fica a cerca de 500m do local onde o DER finalizou recentemente uma obra de contenção de encosta.

Acidentes
Além da queda de barreiras, cinco acidentes foram registrados na rodovia Rio-Santos durante os últimos dias, somente na região de Bertioga. Dois deles fizeram três vítimas fatais. Quatro deles aconteceram no final de semana passado (29 e 30) e o último na quinta-feira (03).

Moto e carro
Fábio Domingos Santos, de 23 anos, e Ane Karenina Sanches, 22, ambos de Mogi das Cruzes, morreram na tarde de domingo (30), ao se envolverem em um acidente no km 211,9 da via, próximo à Riviera de São Lourenço.
A motocicleta dirigida por Fábio trafegava no sentido São Sebastião/Bertioga, pelo acostamento, que havia sido liberado pela Polícia Rodoviária. Ao retornar para a pista, a moto colidiu com a traseira de um veículo. O piloto perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e bateu de frente com outro veículo. Fábio morreu no local. Ane Karenina, que estava na garupa, foi socorrida no PS (Pronto Socorro) da cidade, mas também não resistiu aos ferimentos.

Moto e bike
No mesmo dia (30), Tialyson Cazusa de Sousa, de 22 anos, morador de Bertioga, faleceu no km 224,7, próximo ao bairro Vicente de Carvalho II. Ele estava na garupa de uma bicicleta que atravessava a rodovia. Uma moto colidiu com a bicicleta, fazendo com que Tialyson fosse arremessado para a pista contrária da Rio-Santos e fosse atropelado por outro veículo. Ele chegou a ser socorrido no PS, mas também morreu.

Mais batidas
Na tarde de sábado último (29), sete veículos se envolveram em um acidente no km 205,4 da estrada. Um Vectra, com placas de São Paulo, estava no acostamento e, ao adentrar na rodovia, sentido São Sebastião/Bertioga, acabou atingido na traseira por um Fiat Strada, com placas de Mogi das Cruzes. Em virtude da colisão, os veículos saíram para o acostamento, atingindo outros cinco que estavam estacionados. Os ocupantes dos veículos tiveram ferimentos leves.

Fora do veículo
Por volta das 16h, ainda de sábado (29), no km 226,5, Eraldo Albino Agostin, de São Paulo, dirigia também um Vectra, no sentido Bertioga/São Sebastião, com o braço para fora do veículo. A moto CB-300, pilotada por Vinicius Giovani Breda, de São Bernardo do Campo, colidiu lateralmente com o carro, arrancando o braço do motorista do veículo. Ainda assim, Eraldo conseguiu dirigir por cerca de 2 km, até pedir socorro à polícia.
De acordo com o B.O. (Boletim de Ocorrência) registrado na Delegacia de Bertioga, uma pessoa que estava na garupa da moto sofreu ferimentos leves.
Todas as ocorrências foram presididas pelo delegado Carlos Donizeti Nogueira.

Atropelamento
Na manhã desta quinta-feira (03), um homem que atravessava de bicicleta a rodovia Rio-Santos, no Jardim Albatroz, foi atropelado por uma moto. Ele foi socorrido ao PS local. Até a tarde desta sexta (04) a ocorrência não havia sido registrada na Delegacia de Polícia de Bertioga, segundo informação de funcionários.

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação