Samu 192 começa a atender neste mês Bertioga, Guarujá e Santos

Serviço atua no socorro 24h aos casos de urgência e emergência

Atendimento médico rápido em qualquer lugar do município. É isso que vai proporcionar o Samu 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), do governo federal, em Bertioga, Guarujá e Santos, a partir deste mês. O serviço atua no socorro 24h aos casos de urgência e emergência, e vai integrar as três cidades.

Somente Guarujá será contemplada com 07 ambulâncias, sendo 05 unidades de Suporte Básico (USB), 01 de Suporte Avançado  (USA ou UTI Móvel) e 01 Motolância. As ambulâncias estarão no entorno dos PAM´s da Rodoviária e Vicente de Carvalho, e na UPA Enseada. Médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas compõem as equipes de atendimento guarujaense.

Central

A Central de Atendimento, denominada ‘Central de Regulação’, ficará em Santos, e vai atender as três áreas. No local, técnicos estarão de plantão para receber os chamados, por meio do telefone 192. Posteriormente, as ligações serão transferidas ao médico regulador, ou seja, o profissional que irá avaliar qual o melhor procedimento a ser aplicado no paciente socorrido. Assim, ele será o responsável pela saída dos veículos de acordo com o grau de urgência e endereço da ocorrência. Durante o chamado, o médico vai acionar – via rádio comunicador, a ambulância mais próxima.

Para casos de menor gravidade, o médico regulador disponibilizará uma ambulância básica (USB). Enquanto, nos casos de maior complexidade seguem uma unidade avançada (USA). Este profissional pode ainda, comunicar hospitais e reservar leitos.

Investimento

O serviço receberá o investimento no valor de R$ 180 milhões mensais. Metade desse valor – R$ 90 mil – será custeada pela prefeitura de Guarujá e o restante pelo governo federal.

Motolância

A novidade do Samu fica por conta da motolância. O veículo garantirá atendimento com mais agilidade e rapidez da chegada à ocorrência. Um técnico de enfermagem conduzirá o veículo, que não enfrentará, por exemplo, congestionamentos ou transtornos para adentrar locais de difícil acesso.

O atendimento em menor tempo pode fazer toda a diferença e, inclusive, salvar vidas. Principalmente em caso de vítimas de infarto, ataques cardíacos e derrames cerebrais. Estes, por sua vez, precisam receber atendimento imediato, a fim de evitar possíveis seqüelas.

Quando acionar o Samu 192?
* Problemas cardio-respiratórios
* Queimaduras graves
* Maus tratos
* Trabalhos de parto (onde haja risco de morte da mãe ou do feto)
* Tentativas de suicídio
* Crises hipertensivas
* Acidentes e/ou traumas com vítimas
* Afogamentos
* Choque elétrico
* Acidentes com produtos perigosos
* Transferência inter-hospitalar de doentes com risco de morte

 Fonte: Ministério da Saúde

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação