Logo do Jornal Costa Norte
|
Geral

Animais marinhos ganham base de estabilização


11 de janeiro de 2018 às 16:16
Por manolo
Foto: manolo

Unidade, que será construída no Balneário dos Trabalhadores, servirá como reforço ao atendimento da base de reabilitação, de Ubatuba


 

São Sebastião

Da redação

 

Uma parceria entre prefeitura e o Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha  permitiu a criação de um novo equipamento dirigido aos animais marinhos resgatados em São Sebastião, a Base de Estabilização de Animais Aquáticos de São Sebastião, que funcionará como uma espécie de pronto-socorro.

Em construção no Balneário dos Trabalhadores, a obra integra o projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), e objetiva ampliar as ações de resgate e reabilitação da fauna aquática na região, ou seja, todos os animais debilitados resgatados nas praias de São Sebastião e Ilhabela serão encaminhados para a base de estabilização para que recebam atendimento, até terem condições para seguir para a base de reabilitação em Ubatuba.

Segundo a bióloga e coordenadora do Instituto, Carla Barbosa, a base de estabilização é estratégica, principalmente, na temporada. “Com o aumento de fluxo de veículos entre as cidades litorâneas, esta base servirá como um pronto-socorro no qual o animal passará por uma triagem antes de ser encaminhado para o Centro de Reabilitação”.

Carla disse ainda que a unidade aumenta as chances de sobrevivência e consequente reintrodução dos animais marinhos no seu habitat. A base contará com uma área de educação ambiental para atendimento das escolas municipais, turistas e comunidade local.

Entre os projetos desenvolvidos pelo instituto estão o Centro de Triagem de Animais (Cetas), o Centro de Reabilitação e Triagem de Animais Aquáticos – (Creta), ambos em Ubatuba, e a Base de Estabilização de Animais Aquáticos de São Sebastião.

Sobre o instituto

O Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha é uma organização não governamental sem fins lucrativos, fundada em 1998 pela diretoria do aquário de Ubatuba. Foi criado para incentivar a obtenção de recursos para projetos de pesquisa voltados à preservação do oceano. Com sede em Ubatuba, o instituto desenvolve suas atividades por todo o litoral norte.

Há 20 anos desenvolve atividades de preservação da fauna marinha, como o próprio logotipo representa o argonauta animal que também pode ser visualizado como o guerreiro Argonauta, da mitologia grega. O instituto tem entre seus principais objetivos a questão sócioambiental, como incentivar, promover, desenvolver e apoiar a cultura, a educação, a pesquisa e a conservação ambiental, e ações voltadas à defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida do ser humano e do meio ambiente.

O instituto realiza diariamente o monitoramento das praias da região, e disponibiliza uma equipe de 18 pessoas, entre técnicos, veterinários, monitores e auxiliares, que atuam em prol do ambiente marinho diretamente no município.

A equipe do Instituto Argonauta recomenda que, ao encontrar um animal marinho debilitado, o ideal é não se aproximar, pois, dependendo da espécie, o mesmo pode se tornar agressivo, caso se sinta ameaçado. Se avistar um animal marinho, vivo ou morto, ligue para os números: 0800 642 3341; Whatsapp 12 99735 9167 e 12 99705 6506.

Últimas Notícias