Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança

Polícia identifica criminosos envolvidos em roubo dos Correios


12 de janeiro de 2018 às 15:08
Por manolo
Foto: marina

Ambos foram reconhecidos por uma das vítimas. A polícia também investiga a participação de Wellington Kennedy e Caio Cezar Vasconcelos em outros roubos na cidade


Wellington Kennedy Jaco da Silva e Caio Cezar Vasconcelos foram indiciados pelo roubo de encomendas dos Correios de Bertioga, ocorrido no dia 3 de janeiro. Ambos foram levados à
Delegacia de Polícia de Bertioga, na noite de terça-feira, 9, após policiais militares abordarem a dupla no centro de Bertioga. Wellington era procurado pela polícia de Goiás desde maio do ano passado, e por isso, foi recolhido à cela. Caio foi liberado depois de prestar esclarecimento, já que não havia situação de flagrância.

A abordagem ocorreu por volta das 20h30, quando os policiais patrulhavam a rua Manoel Gajo, e avistaram os criminosos, tidos como suspeitos desse roubo. Em revista, nada de ilícito foi encontrado, entretanto, eles foram encaminhados à delegacia para averiguação. “O setor de investigação localizou uma das vítimas, que não teve dúvida em reconhecê-los como dois dos três indivíduos que praticaram o roubo”, afirmou o delegado titular Sergio Lemos Nassur. A identidade do terceiro envolvido no roubo à agência de correspondência ainda está sob investigação, porém, os indiciados informaram de que se trata de um homem apelidado de Bahia.

Nassur revela que Wellington, ao chegar à delegacia, informou um nome falso, entretanto, os agentes levantaram sua verdadeira identificação. Por meio de pesquisa, foi verificado que possuía um mandado de prisão por furto privilegiado – quando o autor é réu primário ou o objeto furtado é de pequeno valor. Já Caio possui passagem por tráfico de drogas, mas não possui mandados em aberto.

De acordo com o delegado titular Sergio Lemos Nassur, ambos também são suspeitos de participar de outros casos de roubo. “Estamos apurando para confirmar ou não a eventual participação deles”, afirma. Nassur informa que sua equipe está tentando contato com outras vítimas para que elas compareçam à delegacia, para o reconhecimento, ou não, ainda que fotográfico.

 

 

Últimas Notícias