Logo do Jornal Costa Norte
|
Segurança

Proerd retorna às escolas de Bertioga

Aulas preventivas contra o uso de drogas serão ministradas aos alunos do sétimo ano da rede estadual e do quinto ano da rede municipal


11 de junho de 2018 às 12:04
Por Estela Craveiro
Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard
Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard Foto: Estela Craveiro/JCN

Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard
Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard Foto: Estela Craveiro/JCN

Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard
Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard Foto: Estela Craveiro

Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard
Cabo Assumpção na aula inaugural do Proerd na escola Bellegard Foto: Estela Craveiro/JCN

Após um ano de ausência, o Programa Estadual de Resistência às Drogas (Proerd), da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM) está de volta à rede escolar de Bertioga. A primeira a receber o cabo Edson Eduardo de Assumpção Jr., novo coordenador desse programa educacional na cidade, é a Escola Estadual Professor Armando Bellegard.

Os alunos de três turmas do sétimo ano do ensino fundamental já assistiram à primeira, de um total de dez aulas, nesta segunda-feira, 11, sobre o tema opções, escolhas e consequências, levando à conclusão de que toda atitude ou falta de atitude geram resultados com os quais se tem que arcar.

Utilizando linguajar bastante informal e juvenil, o cabo Assumpção, que foi a São Paulo fazer curso preparatório para assumir o comando do Proerd na cidade, rapidamente captou a atenção da garotada, com o apoio do slogan do próprio curso: Como Cair na Real, em que a palavra real é formada por um acróstico, cujas letras significam recusar, explicar, abster-se e livrar-se de situações de indução.

O curso é focado na prevenção contra o uso de drogas, mas seus ensinamentos sobre não fazer o que os outros querem que alguém faça podem ser aplicados aos relacionamentos cotidianos. Inclusive o programa do curso enfoca também a questão do bullying, problema comum nas escolas brasileiras. O Proerd é uma adaptação do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education (DARE), criado em 1983. Instituído em 1992 pela PM do Rio de Janeiro, posteriormente foi adotado em todo o Brasil.

A maioria dos alunos da turma do 7ºA que fez a aula inaugural do Proerd no Bellegard já havia feito o curso próprio para o quinto ano, cujo material didático é mais baseado em desenhos e gravuras, conta o cabo Assumpção: “O curso do sétimo ano é pensado para preparar os alunos para possíveis discussões com pessoas mais velhas, baseado na didática, com muito texto escrito, muita conversa e poucos vídeos”.

Limite e responsabilidade

Até o fim de 2018, o Proerd para os estudantes do sétimo ano será levado às escolas estaduais Jardim Vista Linda, Jardim Vicente de Carvalho e Willian Aurelli, e às escolas municipais Dr. Dino Bueno e Giusfredo Santini, ambas no Centro.  Em 2019, os cursos do Proerd devem ser realizados a partir do início do ano letivo, para abranger número maior de estudantes, já que em 2018 não foi possível começar antes porque o policial que ministrava as aulas foi transferido para o Corpo de Bombeiros.  

O retorno do Proerd à rede escolar de Bertioga resulta da ação conjunta do Conselho Estadual de Segurança (Conseg) e do Capitão Silva Jr., que assumiu o comando da PM em Bertioga no fim de 2017, explica Udo Steinfeld, presidente do Conseg em Bertioga: “O curso do Proerd é um dos mais bem sucedidos da Polícia Militar. Estamos felizes pelo retorno das aulas à cidade”.

Os objetivos da PM com o programa incluem a aproximação de crianças e adolescentes das autoridades policiais, comenta o capitão Silva Jr.: “O Proerd é muito bom para a sociedade e para a instituição também. Nós nos sentimos esperançosos de que isso possa trazer bons frutos para as crianças e para a PM”.

Últimas Notícias