diversidade

Bertioga promove Oficina da Diversidade nesta sexta

Objetivo do encontro, voltado principalmente à população LGBT, é conscientizar sobre DSTs

Bertioga promove na noite desta sexta-feira, 17, a Oficina da Diversidade, voltada principalmente à população LGBT (lésbicas, gays, homossexuais, bissexuais, travestis e transexuais). A diretoria de Vigilância à Saúde, responsável pelo trabalho, contará com duas palestrantes, uma advogada e uma drag queen. O objetivo é promover a conscientização sobre as doenças sexualmente transmissíveis. As atividades ocorrerão das 19 às 22 horas, na Casa da Cultura, próximo ao Forte São João, no Centro.

A diretora de Vigilância em Saúde do Município, Michelle Luis Santos, explica: “Buscamos com essa oficina debater sobre a prevenção às IST/HIV/Aids e Hepatites virais, levando conscientização e informação, além de ajudar essa população no combate ao preconceito. O evento é aberto à toda população, não somente aos LGBT”.

A advogada Fernanda Nigro, do Centro de Referência e Defesa da Diversidade (CRD), criado em 2008 pelo Grupo Pela Vidda/SP em parceria com a prefeitura de São Paulo, será uma das palestrantes e falará sobre o acolhimento e a inclusão social da população LGBT.

As doenças sexualmente transmissíveis e a necessidade de prevenção serão abordadas pela drag queen Dindry Buck. A personagem é vivida pelo artista Albert Roggenbuck, que protagonizou a própria história de vida na série de sucesso da TV Cultura Reis da Rua. Ela foi a primeira drag a participar de um reality-show na TV brasileira (Tá Na Mão, da Rede Bandeirantes), e uma das idealizadoras do Esquadrão das Drags, projeto social para formar e informar jovens e adolescentes LGBT sobre questões de cidadania, direitos e deveres e prevenção – e que foi tema do documentário ‘Rua!’, dirigido por Tata Amaral, além de receber prêmios na Câmara Municipal e Assembleia Legislativa de São Paulo.

Foto: Eduardo Moraes

Notícias Relacionadas

Comentários estão fechados

Sistema Costa Norte de Comunicação