Nesses tempos distópicos em que reina o desequilíbrio, um lugar em Santos, na Baixada Santista, vem ganhando a atenção de quem busca manter o equilíbrio de todos os aspectos mentais, físicos e espirituais de si. Trata-se do Espaço Celebrary, mantido pelo terapeuta holístico Régis Campos. Mas antes de falar sobre o espaço, é preciso saber o que é praticado lá.  Você sabe o que é a terapia holística?O Que Faz Um Terapeuta Holístico

De acordo com o Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística (Terapia Holística CRT), a abordagem de tais tratamentos vem do termo holus, que significa totalidade. Ou seja, a terapia holística ‘cuida do lado esquerdo, sem esquecer o direito”. 

A terapia holística considera “os aspectos emocionais, sociais, ambientais, físicos, psíquicos, energéticos, enfim, tudo sobre cada cliente como sendo inseparável e igualmente importante no trabalho terapêutico”, afirma o órgão que é responsável pela regulamentação da terapia holística em território nacional. 

O CRT também esclarece que a Terapia Holística não é medicina, nem psicologia, nem nada do gênero, não trabalha sob o conceito de doenças da medicina ocidental, “nem possui vínculo com nenhuma religião”. 

A terapia holística emprega técnicas milenares, aliando-as a praticas contemporâneas com o objetivo de despertar todo o potencial de auto-harmonização de cada cliente. 

Há uma infinidade de práticas sob o grande guarda-chuva da terapia holística, tais como acupuntura, terapia floral, ayurvédica, reiki, shiatsu e hipnose.  Agora que você sabe o que é terapia holística, confira mais detalhes sobre o espaço celebrary.  

Espaço Celebrary, o “oásis” do terapêuta Régis Campos, na cidade de Santos

O local, que é único, é uma espécie de irmandade e fraternidade na cidade do litoral de São Paulo. Um oásis de paz em meio a balburdia de nossos tempos. Já na entrada do espaço, de atmosfera mística, símbolos consagrados da religião e da milenar medicina chinesa, como uma estátua de Buda, se combinam com diversas espécies de plantas e olhos gregos, que, segundo algumas tradições,  afastam o mau olhado. A harmonia exala do ambiente antes mesmo que se entre nele. 

Em outra sala, Régis põe em prática as sessões em que emprega diversos tipos de terapias holísticas, cada uma adaptada a determinado problema que irá trabalhar em seus clientes. 

“Aqui no Celebrary, nós temos a apometria –  que trabalha o ser de maneira integral. Nós temos barras de acess, reiki, nós temos cristais, cromo, radiestesia”, enumera os tipos de terapia holísticas, o terapeuta Régis Campos.  “Nós oferecemos para as pessoas que nos procuram uma harmonização, seja emocional, mental, física, espiritual”, esclarece ele.

A terapia holística, segundo ele,  ao contribuir para o balanceamento mental e espiritual, acaba incrementando a qualidade de vida dos praticantes. Nos últimos anos, a prática vem sendo amplamente difundida, no Brasil, segundo o Conselho de Autorregulamentação de Terapia Holística, há 150 mil praticantes da modalidade. 

Além disso, há quem diga que a terapia holística pode ajudar em quadros de depressão e ansiedade, sobretudo quando combinada a tratamentos da medicina tradicional.    

Segundo Régis, a terapia holística é uma forma de despertar o interior dos praticantes para o potencial que eles já têm e muitas vezes está adormecido neles. 

“Nós temos as terapias holísticas que possibilitam um despertar do interior para o potencial que ele já tem, com a qual a pessoa que pratica já nasceu. E nós temos também a alta magia que é uma forma um pouco diferente de se trabalhar com os conhecimentos e as leis do universo”, afirma o terapeuta.  

Não confundir com Espaço Celebrare, um centro de eventos que fica no Rio de Janeiro (RJ).

O Espaço Celebrary fica Rua Djalma Dutra, 30, no bairro Gonzaga, em Santos.