Um dos suspeitos de envolvimento no ‘Mega Assalto’ à agência do Banco do Brasil em Criciúma (SC) foi preso a 790 quilômetros de distância, mais precisamente em Peruíbe (SP), mas o flagrante foi por outro crime, tráfico de drogas. A captura foi por policiais civis da delegacia local foi na sexta-feira, 23.

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤http://bit.ly/CNnoticiasdolitoral E receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

O roubo em Criciúma é considerado o maior da história no sul do país, e os agentes identificaram o suspeito após uma série de investigações no litoral sul paulista. Ele estava em um condomínio fechado, no bairro Três Marias, em Peruíbe, e apresentou documentos falsos ao ser abordado.

Questionado pelas autoridades o suspeito informou a real identidade e confessou crime de tráfico de drogas. Ele guardava 2,5kg de maconha dentro da residência. A droga, os documentos, balança de precisão e cadernos de anotações foram apreendidos e encaminhados à perícia.

Ele foi conduzido à delegacia e posteriormente encaminhado para prisão cautelar.

Entenda o crime

Em dezembro passado 30 criminosos fortemente armados assaltaram agência do Banco do Brasil na região central de Criciúma usando várias pessoas como reféns. Os integrantes da quadrilha especializada incendiaram um caminhão em frente ao batalhão, o que impossibilitou a saída de viaturas da PM catarinense.

Denúncias

Quem tiver informações complementares que auxiliem na investigação deste ou de casos semelhantes pode efetuar denúncia às policias Civil e Militar pelos telefones 181 e 190 respectivamente. A identificação não é necessária.