O primeiro caso da variante britânica da covid-19 no litoral paulista foi diagnosticado nesta terça-feira (16) pelo laboratório de diagnósticos Dasa. O paciente é um enfermeiro de Peruíbe (SP), que tem 45 anos e atua na capital. O Instituto Adolfo Lutz e a Vigilância Sanitária foram comunicados da descoberta.

Participe dos nossos grupos ➤ http://bit.ly/CostaNorteAlerta 📲 Informe-se, denuncie! 🔴

O exame foi realizado no Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e confirmou se tratar da variante B.1.1.7, a mesma que surgiu na cidade de Kent, em Londres.

Além do enfermeiro peruibense, mais um paciente é monitorado com suspeita da variante na região, um morador de Santos. 

Até a segunda-feira (15), o estado de São Paulo registrou sete casos da variante, cinco na capital e duas em Sorocaba, no interior do estado.