A Brazilian Storm novamente deu show e, agora com dobradinha no Circuito Mundial de Surf, no campeonato de Margaret River (AUS). Filipe Toledo, de Ubatuba (SP), venceu entre os homens e Tatiana Weston-Webb, de Porto Alegre (RS), foi a campeã entre as mulheres. As finais foram na segunda-feira, 10.

Faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ http://bit.ly/CNlitoralconectado2 E receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

Na final diante do sul-africano Jordy Smith, o brasileiro alcançou combinação de 17,40, a maior do dia, com o adversário chegando a 14,23. Com o resultado Filipinho chega à terceira posição do ranking geral tendo à frente os compatriotas Gabriel Medina e Ítalo Ferreira, respectivamente. Veja o vídeo disponibilizado pela World Surf League:

O ubatubense, que abusou das batidas e das rasgadas, dedicou a vitória ao filho Koa, que no mesmo dia completou três anos.

“Essa eu dedico para o meu pequeno Koa, é aniversário dele. Eu prometi para o Koa e para a Mahina (outra filha) que eu iria levar o troféu para casa. Essa é para vocês!”, comemorou.

Além dos três primeiros o Brasil conta ainda com outros cinco surfistas no Top-20 do tour: Caio Ibeli (12°), Yago Dora (13°), Jadson André (15°), Peterson Crisanto (17°) e Deivid Silva (20°).

Final feminina

A festa verde e amarela foi ainda maior pela vitória também no feminino com um 13,50 de Tatiana Webb diante da australiana Stephanie Gilmore (12,83). Com o titulo na etapa da Austrália a brasileira passa a adversária da final no ranking geral e chega ao segundo lugar, atrás apenas da havaiana Carissa Moore.

LEIA MAIS SOBRE: UBATUBA