Como no passado remoto quando as embarcações Atlas Marsal e Sudameris (segundo as memorias de papai) faziam a ligação entre as praias desde Ubatuba até Santos, levando gente, comida e toda sorte de mercadorias, os moradores de São Sebastião e Ilhabela, isolados por conta da interdição das estradas experimentam essa antiga sensação de viajar de barco pela costa quando o caminho por terra fica intransitável.

Se de um lado existe um saudosismo, de poucos que se lembram ou ouviram falar dos velhos barcos de transporte, do outro existe uma fundada preocupação acerca da fragilidade na qual nos encontramos nestes momentos onde a natureza que sem se incomodar com ninguém vai impondo sua vontade sem sequer querer saber do preparo destes caiçaras diante das adversidades impostas. Resta a pergunta: será que não dá pra arrumar mais rápido a estrada? E olha que o aviso está aí de novo: mais para o fim da semana vento e chuva vão chegar e o sudoeste (sudunga) que vem com a frente fria.