O marketing digital para restaurante vem sendo muito procurado devido sua alta concorrência. É por isso então que os empreendedores e profissionais devem constantemente manter-se atualizados, com o planejamento semanal, ou mensal, desenvolver estratégias e técnicas para se destacar e engajar consumidores.

Entretanto, há um vasto mercado que oferece os mesmos serviços. E as maneiras de diferenciar-se são: qualidade do serviço e da comida, atendimento qualificado, preço e marketing.

Mas, como estratégias, estão o planejamento de identidade (identidade visual, design, promoção) e o marketing. O marketing deve estar inserido em qualquer nicho de atuação no mercado.

Não existem maneiras de se sobressair da concorrência se estratégias de marketing não forem cuidadosamente definidas, estabelecidas com critérios firmes e baseada em dados e pesquisas coesas.

Existe um vasto número de possibilidades dentro do marketing, é possível investir em vários, mas, ainda sim é necessário se atentar para não investir em uma categoria que não trará bons resultados, principalmente para iniciantes que possuem investimentos cuidadosamente direcionados.

A melhor estratégia é investir o necessário e receber um resultado que ultrapasse o dobro, o triplo e assim por diante, do que foi investido.

Marketing digital para restaurante: 9 estratégias para promover seu restaurante  

Como todo o nicho, é importante definir algumas estratégias que irão melhor se adaptar e gerar resultados de acordo com o mercado no qual está inserido. Com o ramo alimentício, mais especificamente restaurantes, não será diferente.

1. Estar presente em espaços digitais e virtuais

Antes de quaisquer estratégias e técnicas estabelecidas, é necessário primeiramente estar presente em espaços digitais e virtuais. Conheça o tutorial de como colocar mensagem automática no whatsapp.

Desenvolver um site personalizado, incluindo informações importantes, contato, fotos do ambiente, dos pratos, tabela de preços, críticas relevantes, clientes satisfeitos, tudo para apresentar a melhor primeira impressão virtual.

Em seguida, para acompanhar os concorrentes, é indicado se fazer presente em redes sociais com um perfil comercial, principalmente Facebook e Instagram, no qual a maioria dos consumidores estão inseridos.

2. Definir persona

Com a definição do público-alvo já estabelecida desde o início, é viável definir também a persona. A persona são “personagens” fictícios que apresentam as características mais fortes do público-alvo a partir da obtenção de dados demográficos.

Com uma persona, a criação de conteúdos, promoções, interatividades focadas em uma “pessoa” específica, facilita e gera resultados mais eficientes. Gerando informações e conteúdos que o público quer ouvir.

3. Planejamento de marketing baseada em dados e referências

Antes de sair investindo em qualquer segmento do marketing, ou atuando em todos ao mesmo tempo, primeiramente defina uma (ou mais de uma) estratégia.

O planejamento das estratégias deve ser baseado em dados demográficos, referentes a público-alvo, cultura local, concorrentes diretos e indiretos (que podem incluir um vasto mercado), entre outros.

E, com ajuda de profissionais e uma equipe preparada, definam o melhor planejamento estratégico para o marketing digital.

4. Comunicação direcionada

Após se fazer presente nos espaços digitais e virtuais (principalmente redes sociais), estabeleça uma comunicação direcionada e uma interação constante com os consumidores.

Comunique-se, impulsione participação, faça perguntas, aceite críticas, planeje uma comunicação direcionada aos consumidores (principalmente público-alvo) a fim de sentirem-se parte da empresa, e não apenas “lucro”.

5. Identidade visual presente nos canais virtuais e digitais

Assim como definir uma identidade visual para o espaço no qual os clientes irão desfrutar do ambiente, é importante manter a mesma identidade visual também nos canais virtuais e digitais de comunicação.

As redes sociais, sites, posts, publicações, paleta de cores, tipografia, devem estar conectados e fazerem uma junção, formando um só, a experiência satisfatória no ambiente, e interação participativa nas redes sociais, como sendo uma “continuação”.

6. Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é um dos principais e mais eficientes métodos de marketing para engajar e criar uma relação com clientes no marketing digital.

É o ato de criar conteúdos personalizados voltados para o público-alvo e usuários presentes nas redes, atraindo, envolvendo e agregando valor, a fim de criar uma percepção positiva da sua marca.

7. Informações integradas referentes ao perfil digital e estabelecimento real

É importante que as informações se integrem em qualquer ambiente que a marca esteja inserida, que não sejam diferenciadas, lembrando sempre que as redes sociais são como uma “continuação” e “conexão”.

Por exemplo, o “prato do dia” postado nas redes sociais deve ser coerente com o que será produzido no restaurante, para que não haja prejuízo e avaliações ruins dos consumidores (também na internet).

8. Cupons de descontos, promoções, ofertas para clientes fiéis

Uma maneira de criar um relacionamento fiel com os consumidores, é estabelecer benefícios para os clientes mais participativos e presentes nas redes sociais. Com esse benefício, laços de relacionamentos são criados e é como ter um “defensor” da marca, além de impulsionar a participação de outros para obter esse bônus.

9. Monitore resultados

Uma das maiores funcionalidades do marketing digital é obter resultados e métricas das atuações e investimentos nas redes sociais e plataformas no geral. Com isso, é viável descobrir o que está ou não funcionando e sempre planejando novas estratégias e métodos para engajar.