A moda engloba muito mais do que apenas o ato de https://www.youcom.com.br/feminino/blusoes-e-casacos no dia a dia. Há um processo criativo por trás das coleções, as tendências mudam e editoriais são produzidos de maneira artística. A beleza e o glamour atraem e geram necessidade de consumo. No entanto, as peças também são uma maneira de comunicação.

As diferentes facetas da moda aparecem em filmes e séries. Elas podem ser o assunto da narrativa principal ou surgir como o figurino bem pensado que faz toda a diferença no filme. Se você gosta do assunto, separe a pipoca, pois é hora de maratonar dez produções.

A moda e o Cinema andam lado a lado. Os figurinos de alguns filmes marcaram gerações e certas produções foram responsáveis por mostrar ao público como o mundo fashion funciona por trás dos bastidores e das coleções estilosas.

Não tem como começar essa lista com outro filme que não seja o clássico O Diabo Veste Prada. Ele conta a história da jornalista recém-formada Andy Sachs (Anne Hathaway). A personagem não é nem um pouco estilosa, mas consegue uma vaga como assistente da editora de moda Miranda Priestly (Meryl Streep).

A trama mostra a rotina da chefe diabólica e a tentativa de sobrevivência de Andy neste mundo. Editoriais, relação com estilistas, semanas de moda e como fechar uma edição de revista são alguns dos temas retratados. Os figurinos são cheios de estilo e contam com muitos casacos, sapatos e vestidos para você se inspirar.

Este é mais um clássico para os amantes de moda. O filme conta a história de Holly Golightly (Audrey Hepburn), que está decidida a casar com um milionário. Seu refúgio é a joalheria Tiffany’s & Co. Os looks são icônicos e o filme consagrou o tubinho preto, que era combinado com o colar de pérolas e os óculos escuros.

O filme mostra a vida da prestigiada Gabrielle “Coco” Chanel, antes de ser reconhecida no mundo da moda. A história mostra a infância pobre e o momento em que tudo mudou. Chanel é conhecida por introduzir peças masculinas no guarda-roupa feminino. Ela também criou o pretinho básico, usado em Bonequinha de Luxo.

Este é, praticamente, um clássico da Sessão da Tarde! O filme conta os dramas da adolescente Cher (Alicia Silverstone) e suas amigas Tai (Brittany Murphy) e Dionne (Stacey Dash). Ricas, mimadas e estilosas, elas se tornaram referência de moda para as jovens dos anos 90 com seus looks xadrezes, boinas e blazers oversized.

Após sofrer um acidente, Adeline (Blake Lively) é condenada a viver com a aparência de 29 anos para sempre. Para não gerar suspeitas, a personagem muda de identidade a cada década e vive na clandestinidade. O resultado é um prato cheio para as fashionistas que aproveitam o melhor da moda nos figurinos.

Além dos filmes, as séries são boas fontes para quem busca referências de moda. Por terem mais episódios e temporadas, também são uma ótima maneira de analisar como o figurino tem grande papel na construção da personagem e suas mudanças ao longo da narrativa. 

A série é inspirada no livro de Sophia Amoruso, que mostra o início de sua carreira até a criação da loja de roupas vintage, a Nasty Gal. Os looks têm uma pegada anos 70 e 80 e mostram a empreitada de Sophia no eBay. A produção também revela algumas lições para quem quer empreender neste mundo.

As seis temporadas de Sex and the City reúnem um arsenal de looks e referências de moda. A produção conta a história de Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) e suas três melhores amigas. Em suas aventuras em Nova Iorque, as amigas buscam o par perfeito e aumentar o closet com grifes renomadas.

A série também se passa em Nova Iorque, mas, em vez de mulheres bem-sucedidas, jovens muito ricos são os personagens principais. As temporadas mostram as aventuras no ensino médio até o começo da jornada na graduação. A vida deles é conturbada e suas famílias têm muitos problemas e compromissos.

Não tem como falar de moda e esquecer de Blair Waldorf (Leighton Meester), rainha do preppy, e Serena van der Woodsen (Blake Lively) e seus looks boho. Desfiles, festas e viagens marcam as seis temporadas da série. A construção do figurino de cada personagem é essencial para a narrativa e vai muito além das protagonistas.

A série é formada por cinco especialistas, os Fab Five, que transformam as pessoas. O objetivo de cada episódio é ajudar alguém a reconquistar a autoestima e descobrir coisas novas. Assim, claro, amor próprio e autodescobrimento tem tudo a ver com moda e estilo, um dos pontos explorados na produção.

Séries e filmes históricos costumam ter um figurino impressionante, além de serem uma aula de história da moda. The Crown conta a trajetória da rainha da Inglaterra, Elizabeth II, começando nos anos 50. Ao longo das décadas retratadas, é possível acompanhar as mudanças da moda e das tendências.