O Cruzeiro terá que pagar R$ 700 mil ao meia e ex-jogador Luiz Fernando. O atleta teve vínculo com o clube entre 2015 e 2020, mas nunca chegou a jogar pela Raposa. O clube ainda pode recorrer.

O valor é referente a verbas rescisórias, diferença salarial de setembro de 2019, saldo salarial de outubro a dezembro do mesmo ano, multas trabalhistas e depósitos do FGTS de abril a dezembro de 2019, de março a maio e junho de 2020. Ao todo, o montante da cobrança aumentou decorrente de juros e correção.

Luiz Fernando foi contratado pela equipe celeste junto ao Campinense. Mais tarde foi emprestado ao Mirassol, Guarani, Criciúma e América de Natal.

Fonte: Gazeta Esportiva