Seis remadores estão prestes a completar a maior travessia de canoa sem revezamento e sem barco de apoio do país. A Expedição Anamauê iniciou no dia 27 de dezembro, na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, com destino a Santos. A proposta de navegar os 480 km é repetir o que os antigos caiçaras faziam.

O grupo, que utiliza uma canoa polinésia modelo V6 para seis lugares,  deixou a Prainha Branca, em Guarujá, na manhã de domingo, rumo a seu destino final, previsto para ocorrer às 14 horas, em frente ao Aquário Municipal de Santos.

Para alcançar seu objetivo, a equipe remou de quatro a cinco horas diariamente, com paradas a cada 45 minutos e 15 minutos de descanso.

Conforme revelou em postagem no Facebook, os remadores já realizaram outras travessias e provas longas, mas nenhuma nessa proporção. Quando chegarem ao seu destino, o percurso terá sido concluído em 11 dias.

A equipe é formada por Douglas Moura, Francisco Viniegra; Lucas Miom, Ubajara Iakowsky, Caio Guerra e Zé Paulo.

Foto: Reprodução/Facebook