A chuva esperada para todo o mês de fevereiro caiu nesta madrugada de segunda-feira, 4, foi o que afirmou José Carlos de Souza, conhecido como Cambito, diretor da Defesa Civil de Bertioga. O volume de água chegou a 124 mm.

A situação ainda está pior, devido à cheia da maré, provocada por uma ressaca prevista pela Marinha do Brasil, em alerta emitido na noite deste domingo, 3. O volume da maré chegou a atingir dois metros em relação ao nível normal.

Os locais que mais sofreram, e ainda estão com vias e casas alagadas, são os bairros Chácaras, Caiubura e Boraceia.

De acordo com o diretor da Defesa Civil, a situação deve se normalizar ao longo do dia pois a "maré já está vazando", o que vai fazer com que o seu nível baixe e a água escoe dos bairros.