Desde a quarta-feira, 24, os ambulantes do ramo alimentício de Bertioga, que atuam na orla da praia, estão autorizados a voltar a atender o público. Decreto neste sentido foi assinado pelo prefeito Caio Matheus, na terça-feira, 23, e possibilita o funcionamento dos serviços, desde que seguidas normas de higiene e segurança contra o novo coronavírus, como uso de álcool gel, utensílios descartáveis e sem consumo no local.

Sobre a decisão, Caio Matheus declarou: "Eu quero deixar claro que eu sei e acompanho a dificuldade que cada ambulante está passando nesse momento de crise, precisando trabalhar, faltando dinheiro, tendo dificuldade para colocar o arroz e feijão na mesa. Não é fácil, ninguém quer deixar de trabalhar".

Participe dos nossos grupos ℹ  http://bit.ly/CNAGORA3  🕵‍♂Informe-se, denuncie!

O prefeito ainda disse que os três poderes (Legislativo, Executivo e Judiciário) precisam trabalhar juntos e aproveitou para agradecer mais uma vez o empenho do promotor de Justiça de Bertioga, Lucas Mostaro de Oliveira. "Se conseguimos avançar até agora e hoje posso anunciar mais um passo importante, foi graças ao diálogo", disse.

Sobre os demais ambulantes, ele disse: "Pessoal da feirinha (ramo alimentício) também continua sem restrição de horário, de domingo a domingo", afirmou o prefeito.

Ao concluir seu comunicado Caio Matheus reforçou que o auxílio aos ambulantes continua e finalizou: "A gente não pode subestimar o vírus, tem que ter equilíbrio entre salvar vidas e manter a economia funcionando".

Mais informações sobre o funcionamento

Poderão funcionar normalmente, conforme os horários já autorizados antes da pandemia;

Continua proibido o consumo no local, montagem de mesas e cadeiras;

É obrigatório o uso de máscaras e álcool gel;

Uso somente copos, talheres e pratos descartáveis;

Cliente não pode consumir no local e a distância deve ser mantida.

Ambulantes de outros segmentos

Poderão funcionar diariamente, com o horário limitado a quatro horas diárias, das 10h às 14h.