A prefeitura de Bertioga decretou na sexta-feira, 22, a abertura das academias do município com restrições em razão da pandemia de coronavírus. A medida foi tomada depois de o Governo Federal decretar academias de esporte como atividade essencial.

Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNAGORA3 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

O decreto municipal nº 3.382 passará a valer a partir de 26 de maio, com liberação dos equipamento de segunda a sexta-feira, desde que os estabelecimentos: disponibilizem aulas individuais; com intervalo de no mínimo 20 minutos entre cada aula para desinfecção de todos os aparelhos; e disponibilizem ao cliente álcool em gel a 70% , bem como água e sabão, para a desinfeção das mãos frequentemente (antes, durante e após a realização da aula individual).

O decreto ainda exige que cada aula individual tenha, no máximo, 60 minutos de duração, não podendo o cliente permanecer na academia antes ou após o horário da aula; e tanto o aluno quanto o professor devem, obrigatoriamente, usar máscara individual de proteção.

A temperatura do cliente deve ser auferida na entrada para a realização da aula individual (utilizando termômetro do tipo eletrônico) e, caso sua temperatura esteja acima de 37 graus ou apresente sintomas gripais, o acesso à academia não será permitido.

A ventilação natural deverá ser mantida com portas e janelas preferencialmente abertas, devendo ser evitado o uso de aparelhos de ar condicionado.

No caso de leitor digital para entrada na academia, deve haver álcool em gel a 70% ao lado da catraca ou, preferencialmente, permitir a entrada do aluno com a opção de comunicar apenas o número da sua matrícula ou do seu CPF, para que não precise utilizar o leitor digital.

Bebedouros não devem ser disponibilizados e o aluno devem levar sua garrafa de água e toalha para ajudar na manutenção do uso dos equipamentos.

As academias que tiverem mais de um ambiente, poderão ocupá-los simultaneamente, desde que haja o distanciamento mínimo de 9 metros entre cada cliente.

AULAS COLETIVAS

A realização de aulas coletivas e em grupos está expressamente proibida, como artes marciais, futebol, vôlei, crossfit e qualquer outra modalidade em que haja possível contato físico, sujeitando-se o estabelecimento infrator, no caso de descumprimento, às penalidades legais administrativas, cíveis e penais vigentes.

Para a reabertura e início das aulas individuais as academias deverão preencher um formulário e entregar à Vigilância Epidemiológica e Sanitária. O setor será o responsável pela fiscalização e punição das academias quanto ao cumprimento das regras.

Confira o decreto na página 4  deste link .