Equipes da prefeitura de Santos atuam desde sábado, 8, em locais afetados pelas chuvas, cujo acumulado das últimas 72 horas na cidade é de 143,6 milímetros – o equivalente a 49% da média histórica do mês de fevereiro. Os trabalhos são realizados por profissionais da Defesa Civil, da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp).

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/CNAGORA5 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

Nesse período, 15 ocorrências foram registradas. No sábado e no domingo, 9, foram avaliados riscos em estruturas e terrenos da Caneleira, além de quedas de árvore nos bairros Estuário, Encruzilhada, Embaré e Morro da Nova Cintra.

Nesta segunda-feira, 10, houve atendimentos referentes a deslizamentos de terra no Centro e no Morro da Penha. Também no Morro da Penha houve um escorregamento de terra, com necessidade de interdição de cinco moradias. Quatro famílias foram para casas de parentes e uma para o abrigo da prefeitura. No Bom Retiro, foi necessária avaliação de uma estrutura. Árvores caíram em ruas do Marapé e dos morros da Nova Cintra e São Bento.

MÉDIA ULTRAPASSADA

Segundo a Defesa Civil, o acumulado do mês de fevereiro até as 9h desta segunda-feira já era de 480,3 milímetros, 65% a mais do que o previsto para chover em todo o mês – conforme a média histórica dos últimos 25 anos, de 291,2 milímetros. O órgão informa também que nesta madrugada a maré no estuário chegou a 2,05 metros.

TRÂNSITO

De acordo com a CET, a avenida Nossa Senhora de Fátima permanece bloqueada para veículos de passeio nos dois sentidos. Na avenida Martins Fontes, uma das pistas está intransitável. Nesta via é realizada a Operação Comporta, que libera cada sentido de uma vez. As informações são referentes à situação por volta das 13h.

Na avenida Martins Fontes, a pista 1 está interditada e a 2 concentra o trânsito com destino ao Centro. Já a pista 3 está dividida em duas faixas, uma para cada sentido.

REGISTROS DE OCORRÊNCIA

Dia 8: 1 avaliação de risco estrutural no Caminho Particular São Jorge/ Caneleira

Dia 9: 1 Avaliação de risco geológico na Avenida Prefeito José Gomes/ Caneleira

5 quedas de árvore

-Rua Martin Francisco/ Encruzilhada

-Rua Bezerra de Menezes/ Estuário-Rua José André do Sacramento/ Estuário

-Praça Cel. Fernando Prestes/ Embaré

-Avenida Antônio Manoel de Carvalho/ Morro Nova Cintra

Dia 10: 4 quedas de árvore

-Rua Antônio Bento Amorim/ Marapé

-Rua Torquato Dias/ Morro Nova Cintra

-Rua Nilo Peçanha/ Marapé

-Rua Santo Amaro/ Morro São Bento

3 deslizamentos de terra

-Rua 1/ Morro da Penha

-Morro da Penha próximo ao Boa Vista

-Avenida Martins Fontes/ Centro

1 avaliação estrutural na Rua Arquiteto Lucio Costa/ Bom Retiro