A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec) informou que a partir da próxima terça-feira, 4, até sexta-feira, 7, haverá condição para pancadas de chuva por todo o estado de São Paulo, com a presença de intensa atividade elétrica e rajadas de vento forte, além de queda de granizo em pontos isolados.

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/CNAGORA5 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

As regionais mais afetadas serão: Araçatuba, Bauru, São José do Rio Preto, Araraquara, Barretos, Franca, Ribeirão Preto, Campinas, Itapeva, Sorocaba, Registro, Baixada Santista, São José dos Campos e Região Metropolitana de São Paulo. Com atenção especial para os Vales do Ribeira e Paraíba, Baixada Santista, Litoral Norte e a Região Metropolitana de São Paulo, que são áreas mais vulneráveis.

Segundo a Cepdec, nas regiões acima poderá chover até 110 mm por metro quadrado. Por conta deste cenário meteorológico, orientamos a todos que fiquem atentos a qualquer sinal de perigo, como desabamentos, desmoronamentos, deslizamentos, enchentes, alagamentos, enxurradas e ocorrências relacionadas com raios e vento.

Nunca atravesse vias alagadas ou enfrente enxurradas e se morar próximo a encostas, a qualquer sinal de movimentação do solo, saia imediatamente e acione a Defesa Civil do seu município. Para mais informações sobre como se prevenir visite o site spalerta.sp.gov.br.

VENTOS

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), anunciou que a intensificação dos ventos no entorno de um sistema de alta pressão poderá provocar ventos com direção de Leste a Nordeste, com intensidade de até 61 km/h (33 nós), no litoral do estado do Rio Grande do Sul ao Sul de Torres (SC), entre o dia 3 à noite e o dia 4 pela manhã.

Além disso, poderá ocorrer ventos com intensidade de até 74 km/h (40 nós), no litoral entre os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ao Sul de Laguna (SC), entre o dia 4 à tarde e o dia 6 pela manhã.

Também poderá haver ventos com direção de Sudeste a Nordeste, com intensidade de até 61 km/h (33 nós), no litoral entre os estados de Santa Catarina, ao Norte de Laguna (SC) e Rio de Janeiro, ao Sul de Angra dos Reis (RJ), entre o dia 5 pela madrugada e o dia 6 à tarde.