Mais de 2.500 sorrisos foram renovados em dois anos pela prefeitura de Guarujá. No total, o Executivo entregou 2.568 próteses dentárias, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau). Em 2018, 1.265 pessoas colocaram a prótese. Já em 2019, o número subiu para 1.303. As peças odontológicas se dividem entre totais (dentaduras) ou parciais, sendo superiores (maxilar) e/ou inferiores (mandíbula).

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/CNAGORA5 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

A ausência de dentes é um problema bastante comum e têm como causa inúmeros fatores como doenças, acidentes e cáries. A sua ausência pode ocasionar a movimentação de dentes próximos e a reabsorção óssea.

“A importância desse trabalho é devolver algo além da mastigação correta, e a recuperação da autoestima e da alegria da pessoa”, afirma a coordenadora de Saúde Bucal da prefeitura, Márcia Olmos Moucachen.

Além dos prejuízos funcionais, também acarretam problemas de autoestima no paciente. A prótese tem a função de repor um ou mais dentes, e assim, o paciente consegue restabelecer as respectivas funções de mastigação e fonética.

Os pacientes que adquirem a prótese passam por um processo de tratamento odontológico nas unidades de Saúde e, após a boca estar 100% preparada para receber a peça, são encaminhados ao Centro de Especialidades Odontológicas, para a realização do procedimento final.

A aposentada Ana Rita da Silva Alves, 73 anos, colocou a prótese total no dia 3 de janeiro e evidencia sua satisfação em poder sorrir e se alimentar normalmente. “Antigamente usava uma dentadura péssima. A nova encaixa na minha boca perfeitamente, e hoje eu consigo comer de tudo”, enfatiza.

Para Ana, o atendimento foi essencial e o tratamento durante todo o processo foi extremamente profissional. Ela finaliza dizendo que nunca havia passado por uma assistência tão humanizada. “Eu nunca fui tão bem atendida, nem em consultas particulares. Foi uma experiência maravilhosa e compensadora”.