Em meio às notícias de que vespas assassinas estariam migrando para a América do Sul, a imagem de um inseto encontrado em Bertioga circulou nas redes sociais e assustou moradores. Um internauta encontrou o inseto em sua residência no bairro Maitinga, em Bertioga e enviou à amigos.

Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNAGORA8 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

A vespa em questão é da família das "jaqueta amarela", dos gêneros vespula e dolichovespula) e não é fatal, conforme explica a bióloga Tamires Aragão. "Por terem ferrão, a picada dói e, em alguns casos, ocorre reação alérgica severa. Se a pessoa for alérgica e não tiver socorro pode ter ter crise anafilática, assim como a  picada de abelha, ou qualquer crise alérgica mais severa. Fora isso, elas matarem animais grandes ou serem perigosas para humanos está fora da realidade".

A bióloga ainda explicou que esse tipo de vespa costuma se alimentar de outros insetos ou animais em decomposição. Na última semana, surgiram boatos de que as vespas assassinas que apareceram nos Estados Unidos estariam migrando para a América do Sul.

A notícia é de que teriam chegado ao Chile, mas o governo local descartou a suposta presença após o alarme ter sido disparado por um fazendeiro que alegou ter capturado a espécie. "Não se trata dessa espécie, e sim de outra, nativa da Ásia e do sul da Europa”, detalhou o comunicado oficial.