A equipe de combate a endemias, da Secretaria de Saúde de Santos, eliminou, nesta quinta-feira, 14, 59 focos com larvas do mosquito Aedes aegypti no Gonzaga. O mutirão contou com 68 agentes e vistoriou 2.214 imóveis.

 

Participe dos nossos grupos ➤ http://bit.ly/CostaNorteAlerta  📲 Informe-se, denuncie! 🔴

 

Além de visitar imóveis particulares, os agentes também examinaram praças e passeios públicos, recolhendo objetos que podem acumular água.

 

“Vale destacar que o agendamento de condomínios mostrou ser eficiente. Como avisamos previamente sobre o mutirão, tivemos menos recusas”, salientou Ana Paula Favoreto, chefe de Atividades Técnicas da Seção de Controle de Vetores.

 

INFORMAÇÃO

O mutirão também contou com a participação da equipe de Informação, Educação e Comunicação (IEC), que abordou os pedestres para transmitir informações e distribuir material educativo sobre prevenção e sintomas das doenças transmitidas pelo mosquito (dengue, zika e chikungunya).

 

BALANÇO

Nenhum caso de dengue ou zika foi registrado neste ano em Santos, e apenas um chikungunya foi confirmado em 2021. No ano passado, Santos registrou 322 notificações de dengue, 80 de chikungunya e nenhuma de zika.