Ciro Gomes, vice-presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT), fez duras críticas ao Partido dos Trabalhadores, ao afirmar que o PT “trata o povo brasileiro como se fosse um bando de idiotas”. Declaração foi feita durante entrevista concedida nesta terça-feira, 07, ao programa Café da Manhã, da TV Cultura Litoral.

Ciro declarou: “O que eles (PT) querem fazer? Querem tratar toda a população brasileira como se fosse um bando de idiotas, e eles não têm erros. O santo Lula não tem defeito. Isso fez com que eles, hoje, fiquem isolados.

Segundo a visão do vice-presidente do PDT, a escolha de Fernando Haddad para ser o representante de Lula nas eleições de 2018 foi um erro.

Ciro afirmou: “Um ano antes das tratativas da eleição de 2018, o Haddad perdeu a reeleição no cargo de prefeito de São Paulo. Perder eleição não é nada demais, mas ele tirou 16% dos votos. Perdeu todo o espaço nas áreas pobres, classe média e até das ricas de São Paulo. E era ranqueado como o pior prefeito do Brasil. Esse é o homem que o Lula escolheu pra ser o poste de uma fraude. O Lula mentiu para o povo brasileiro ao afirmar que era candidato, quando todos já sabiam que a lei da ficha limpa não permitiria que ele concorresse à presidência.”

Ciro Gomes também criticou a bipolaridade presente no Brasil, entre dois grupos de “fanatizados”.

“O PT não quer ver os próprios defeitos, ou vê, com muita malícia. E isso é igualzinho ao bolsonarismo boçal e fanático que nós temos no Brasil. Então essa é a nossa tragédia, dois grupos de fanatizados”, afirmou Ciro.