Uma onça-parda estirada em uma das pistas da rodovia Rio-Santos chamou a atenção de motoristas que passavam pelo local, na manhã desta quinta-feira, 24. Ela estava paralisada e parecia morta, mas, para surpresa de todos, levantou-se bruscamente e voltou para a região da Serra. De acordo com o motorista que registrou a cena, o animal não foi atropelado, mas chocou-se contra um caminhão, quando saiu da mata correndo. 

Francisco Nunes de Souza, o Chicão dos Dragões, foi quem nos enviou o vídeo. Ele disse que seguia de moto, de Bertioga para Guarujá, por volta das 10hs, quando a cerca de 5km do Posto Rodoviário viu que um caminhão que estava à sua frente foi para o acostamento. Neste momento ele também parou para ver o que tinha acontecido e ficou surpreso com o que viu. "Ela estava lá estiradinha no chão. Linda, linda, linda, coitadinha", disse emocionado. Ele ainda explicou: "O motorista do caminhão disse que ela saiu da mata com tudo e ele foi pego de surpresa, só teve tempo de frear, para não passar por cima". 

Participe dos nossos grupos [] [] http://bit.ly/COSTA7INFO [] Informe-se, denuncie

Os dois motoristas ficaram no local e enquanto tentavam algum contato para pedir socorro ao animal, outros motoristas foram diminuindo a velocidade, para fotografar. "Ficamos cerca de 20 a 25 minutos, numa agonia danada. Ela estava quietinha, eu cheguei a passar a mão nela. Vi que estava se recuperando e de repente ela se levantou e saiu correndo. Foi um susto", afirmou.

Ainda de acordo com Chicão, a onça-parda feriu um pouco a cabeça e o lado esquerdo do corpo. "Eu acho que ela não vai escapar, porque ficou com os ´quartos´ trazeiros, do lado esquerdo, muito machucado". 

Onça-parda

A onça-parda é o segundo felino mais pesado do mundo. Também conhecida como puma, é uma espécie solitária e adaptável, e pode ser encontrada nas américas do Norte, Central e Sul. Habitat: montanhas, florestas tropicais, cerrados. Uma hábil predadora, a onça-parda possui uma variedade de presas. Pode se alimentar de animais grandes, como gado, cavalos e ovelhas, mas também caça espécies pequenas como insetos e roedores.

Prefere habitats com vegetação rasteira densa e áreas rochosas, mas pode viver em áreas abertas. É um animal recluso e normalmente evita pessoas. Os ataques a seres humanos permanecem raros, apesar de um aumento recente na frequência, por conta dos desmatamentos.  O animal adulto varia  de 60 até 75 k, podendo chegar a 100 quilos.