O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), enateceu através da sua conta do Twitter, a destituição de todos os juízes que faziam parte da Suprema Corte de El Salvador.

O processo de destituição, semelhante ao processo de impeachment previsto na constituição brasileira, aconteceu na Assembleia Legislativa de El Salvador, composta por maioria de membros governista.

Faça parte do nosso grupo no WhatsApphttp://bit.ly/CNnoticiasdetodolitoral E receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

A nova composição legislativa, que compõe a base de apoio do presidente Nayib Bukele, decidiu em 1º de maio, destituir dos cargos os integrantes da Câmara Constitucional do Supremo Tribunal de Justiça e o procurador-geral do país.

“Com 64 votos a favor, 19 contra e um ausente, é aprovado o decreto que destitui os magistrados”, declarou o então presidente do Congresso, Ernesto Castro.

De acordo com os congressistas de El Salvador, "os membros da Câmara Constitucional e seus suplentes foram destituídos sob acusação de proferir sentenças consideradas arbitrárias".

O presidente de El Salvador, Bukele, comemorou a aprovação da medida: “E o povo salvadorenho, por meio de seus representantes, disse: ‘destituídos!’”. O presidente salvadorenho chamou a destituição de uma "limpeza da casa".

O ocorrido em El Salvador tem causado polêmica na política brasileira. Eduardo Bolsonaro escreveu em seu twitter que "o Congresso destituiu todos os ministros da Suprema Corte por interferirem no Executivo, tudo constitucional" e afirmou que "juízes julgam casos, se quiserem ditar políticas que saíam às ruas para se elegerem".

Loading

"Agora, o Congresso destituiu todos os ministros da suprema corte por interferirem no Executivo, tudo constitucional" completou Eduardo Bolsonaro.

O deputado federal pelo Rio de Janeiro, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou a postagem do filho do presidente também através do seu twitter, chamando o comentário de "muito grave".

Loading

Limpeza na casa

O presidente de El Salvador, Bukele, usou suas redes sociais para mandar um recado para a comunidade internacional: "Aos nossos amigos da comunidade internacional: queremos trabalhar com vocês, negociar, viajar, nos conhecer e ajudar onde pudermos. Nossas portas estão mais abertas do que nunca".