O primeiro ato do governador em exercício Cauê Macris foi escolher Bertioga como destino para assinar documentos de investimentos na região. Somente para a cidade, são R$ 500 mil para a saúde, tida como prioridade máxima, mais R$ 150 mil na compra de uma nova ambulância, além de R$ 250 mil para desenvolvimento social.

Participe dos nossos grupos ℹ  http://bit.ly/CNAGORA7  🕵‍♂Informe-se, denuncie!

A cerimônia começou antes das 12 horas e o primeiro a falar foi o Secretário de Desenvolvimento Regional do estado de São Paulo, Marco Vinholi. Ao conversar com a imprensa e responder a pergunta sobre a duplicação da rodovia Rio-Santos, Vinholi concluiu: "Logo o governador João Doria vai trazer boas notícias para a região." 

Também discursou o prefeito de Bertioga, Caio Matheus, o qual elogiou o governador em exercício Cauê Macris por sua "simplicidade e estar sempre acessível quando procurado". Ele também comentou acerca da carta aberta que o Executivo organizou, que denominou como uma "carta apelo", da qual "em conjunto com o governador em exercício e o secretário possam defender o meio ambiente e rever o controle ambiental excessivo de Bertioga acerca do licenciamento ambiental para obras."

Mais sobre o governador em exercício  Cauê Macris

Cauê Macris tem 36 anos e é o presidente da Assembléia Legislativa e assumiu o governo de São Paulo na ausência do governador João Doria, que está no Japão, e do vice-governador Rodrigo Garcia que encontra-se em Singapura.

O psdebista está cumprindo a agenda do governador e disse que "a Baixada Santista é uma das prioridades do governo" além disso, ressaltou que a construção da ponte entre Santos e Guarujá está "sendo analisada."