O empresário Danilo Morgado, do PSL, e a engenheira Raquel Chini, do PSDB, disputam, neste domingo, 29, o 2º turno das eleições para a prefeitura de Praia Grande. Está é a primeira vez na história do município do litoral paulista em que haverá segundo turno.

No primeiro turno, a tucana obteve 39,05% dos votos válidos, contra 35,59% conquistados pelo candidato do PSL. Danilo Morgado iniciou as campanhas com menos de 10% dos votos, em quinto lugar, e manteve uma regular tendência de subida durante todo o primeiro turno. Raquel Chini, sucessora do atual prefeito Alberto Mourão, isolada na primeira posição no início do primeiro turno, viu a diferença entre ela e o segundo colocado cair para menos de 4%, mas manteve a liderança. Os resultados do primeiro turno demonstram que o pleito em Praia Grande não está definido.

Atualmente, os candidatos estão empatados tecnicamente. Danilo Morgado está sensivelmente à frente, com 36,8% das intenções de voto e Raquel Chini com 34,8%. Os dados são do Instituto de Pesquisa A Tribuna (IPAT) e foram divulgados nesta quinta-feira, 26. Como a diferença entre os candidatos é menor que a margem de erro de 3,5% da pesquisa, considera-se que há empate técnico entre os candidatos. 

De acordo com informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nas votações do 1º turno, em números absolutos, Raquel Chini obteve 55.204  votos, Danilo Morgado obteve 50.317 votos. Praia Grande tem 226.260 eleitores.     

Rachel Chini concorre à prefeitura de Praia Grande com seu partido o PSDB coligado com MDB / CIDADANIA / DEM / SOLIDARIEDADE / PTB / PMB. Danilo Morgado disputa o pleito com seu partido o PSL coligado com o PSC.

O segundo turno ocorrerá nas cidades com mais de 200 mil habitantes em que nenhum candidato obteve metade dos votos mais um voto. A ampliação em uma hora do horário de votação permanece no segundo turno: os eleitores podem votar das 7h às 17h.

Saiba mais sobre os candidatos

Eleições 2020: Conheça os candidatos a prefeito de Praia Grande