O que é taxa de transmissão

A taxa de transmissão determina para quantas pessoas cada infectado transmite a doença. Por isso o índice matemático, também conhecido como RT, permite identificar com que intensidade o vírus está sendo transmitido. O número da taxa é determinado por meio da submissão dos dados de infectados à modelos estatísticos. O resultado é o ritmo de contágio. Se a taxa de transmissão estiver acima de 1,00 significa que a doença está em avanço, uma vez que um doente infecta mais de uma pessoa. Por outro lado, o RT abaixo de 1,00 indica uma diminuição da velocidade da taxa de transmissão.

Participe dos nossos grupos 👉   https://bit.ly/COSTAINFORMA10 📲 Informe-se, denuncie

Taxa de Transmissão no Brasil

O Brasil alcançou nesta semana a maior taxa de transmissão do covid-19 desde maio, de acordo com o Centro de Controle de Epidemias do Imperial College, órgão científico londrino. Também chamada de ritmo de contágio, a taxa chegou ao patamar de 1,30. Isso significa que cada 100 pessoas infectadas pela doença a transmitem para 130 pessoas. Na segunda-feira, 23, a taxa de transmissão chegou à 1,31.  

A margem de erro da taxa de transmissão brasileira na semana, de acordo com o Instituto, varia entre 0,86 e 1,45. Isso significa que a cada 100 pessoas infectadas podem transmitir o vírus para uma quantidade de outras pessoas que varia entre 86 e 145.

Segundo o Imperial College, o Brasil permaneceu durante cinco semanas seguidas com a taxa de transmissão abaixo de 1,0. De acordo com dados do último boletim do ministério da Saúde, divulgado nesta quinta-feira, 25, o Brasil registrou 47.898 casos nas 24 horas precedentes, totalizando 6.166.606 casos confirmados. No mesmo período, 654 brasileiros morreram vitimados pela covid-19, com o País totalizando 170.769 mortos pela doença.