Na sexta-feira (9), policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Roubos e Latrocínios do Deic capturaram dois homens com mais de 50 tijolos de maconha, no bairro Jardim Enguaguassú, no Guarujá. A dupla fazia parte de uma facção criminosa do estado.

Os investigadores empreenderam diligências na Rua Bartolomeu Gusmão, onde receberam a informação de que os indivíduos participantes do chamado “Tribunal do Crime” poderiam ser localizados em um terreno, beirando as águas do Estuário de Santos.

Ao avistarem um dos indiciados, que tentou empreender fuga pelo terreno, os agentes o detiveram. No local havia outros 6 indivíduos que também empreenderam fuga, porém um deles foi capturado.

Um dos capturados apresentou-se aos policiais como responsável pelo terreno, e confirmou que estava acontecendo, naquele momento, um julgamento do “Tribunal do Crime”. Ambos os presos confessaram integrar a organização criminosa.

Em uma vistoria realizada no terreno, os policiais visualizaram terra mexida, e encontraram enterrada uma grande quantidade de substâncias entorpecentes (51 tijolos de maconha, além de diversos invólucros de maconha e cocaína).

A dupla foi autuada em flagrante pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico e por integrar associação criminosa, e tiveram representada pela decretação de suas prisões preventivas.

Foram apreendidos veículos, documentos e objetos utilizados para o tráfico de entorpecentes. Os trabalhos investigativos prosseguirão, em especial visando a identificação dos demais criminosos evadidos do local.Polícia Civil SP