Na madrugada de domingo (11), policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos, do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Garra/Dope) encerraram uma festa com 45 pessoas, em um bar, na zona leste da capital, em meio ao agravamento da pandemia da Covid-19. A casa foi interditada pela Vigilância Sanitária.

Após informações recebidas, os policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos, do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Garra/Dope), encontraram o estabelecimento comercial em funcionamento na rua Cesário Galeno, no bairro Tatuapé.

O bar não possuía saída de emergência. No local havia 45 pessoas, uma delas menor de idade, e 23 estavam sem máscara. Os jovens fizeram churrasco, consumiram bebidas alcoólicas e fumaram narguilés.

A ação faz parte do Comitê de Blitz do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo, composto por agentes da Guarda Civil Metropolitana, Vigilância Sanitária, Covisa, Procon e das Polícias Civil e Militar, para reforçar a fiscalização do cumprimento das medidas restritivas.

A gerente da festa, a caixa e quatro frequentadores foram detidos e encaminhados ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), onde assinaram um termo circunstanciado por infração de medida sanitária.

Foram apreendidas uma máquina de cartão de crédito e débito e uma mesa de som.Polícia Civil SP