Uma denúncia de caça, pesca e pássaros mantidos em cativeiro na unidade de conservação do Parque Estadual da Restinga de Bertioga (Perb) levou à soltura de 38 coleirinhos papa capim, encontrados em estado de bravio e alto nível de estresse.

Participe dos nossos grupos ➤ https://bit.ly/COSTAINFO3 📲 Informe-se, denuncie!

A Polícia Militar Ambiental informou que a ação ocorreu pela rodovia Mogi-Bertioga, em local de difícil acesso, por isso mesmo foi solicitado o apoio da gestão ambiental do Perb.

Os policiais foram até um local verificado anteriormente como suspeito por guardas do parque em ação anterior. Para chegar até lá, utilizaram uma embarcação sem motor, sendo percorrida também uma trilha curta para acesso.

De três antigas casas erguidas em alvenaria e cobertas por telhas de barro, a equipe verificou que duas delas estavam aparentemente sendo usadas como rancho, e a outra mantida em estado de abandono.

Apesar de não encontrarem ninguém, no local estavam petrechos para caça; municões; 12 varas com molinete para pesca; cinco tarrafas; cinco redes pequenas; duas gaiolas; sete facas; dois facões; um viveiro; quatro gaiolas; um canhãozinho; quatro alçapões (armadilha para pássaros); uma arapuca; e um jequi (armadilha para peixes).

Alguns materiais foram destruídos e outros apreendidos. Os 38 coleirinhos papa capim foram soltos em seu habitat natural.

O caso foi registrado na delegacia de Bertioga.