A liberdade cantou para dois detentos em São Vicente, litoral paulista, neste domingo, 24. Os presos furaram o alambrado e escaparam de uma penitenciária em no bairro Samaritá. A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) de São Paulo confirmou as a fuga nesta segunda-feira, 25.  

Segundo a SAP, o grupo de fugitivos era composto por quatro apenados, porém dois deles desistiram na última hora. Na penitenciária I, os quatro confinados do regime semiaberto furaram o alambrado que cerca a ala e empreenderam fuga. A ala, afirmou a SAP, não possui vigilância armada ou muros altos.     

Participe dos nossos grupos ➤ http://bit.ly/CostaNorteAlerta  📲 Informe-se, denuncie! 🔴

No momento da fuga, agentes da unidade prisional flagraram os presos e os advertiu. A advertência fez com que o grupo se dividisse: dois fugitivos desistiram e outros dois saíram pelo buraco no alambrado, pularam o muro e desapareceram numa região de mata próxima à cadeia.  

A SAP afirmou que os fugitivos perderão o direito ao regime semiaberto, recuando para o regime fechado, quando forem recapturados. O órgão também ressaltou que, diferentemente do regima fechado, no regime semiaberto a permanência dos detentos se dá mais por autovigilância do que por coerção. Quando os presos fugiram, afirmou a SAP, os servidores se puseram no encalço deles e também foi acionada a Polícia Militar que está realizando buscas.