Paulo Cupertino Matias, procurado pelo  assassinato do ator Rafael Miguel, de 22 anos, e os pais,  ainda é procurado pela polícia. Segundo a namorada do jovem e filha do acusado, Isabela Tibcherani, de 18 anos, a mãe não ajudará nas investigações.

Participe dos nossos grupos ℹ  http://bit.ly/CNAGORA5 🕵♂ Informe-se, denuncie!

Informações da Secretaria de Segurança Pública do estado apontam que, durante conversa, o pai da jovem chegou armado, disparou contra Rafael e os pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, e fugiu. O delegado que investiga o caso, Fernando Bessa, revelou que o suspeito, de 48 anos, possui passagens por roubo, lesão corporal e ameaça.

Em entrevista ao programa Balanço Geral São Paulo, da TV Record, Isabela contou que a mãe não colaborará nas investigações: “Minha mãe não está do meu lado, por incrível que pareça. Ela não vai ajudar as investigações, mas nem vai precisar disso porque já conseguiram imagens dele. Se fosse pra contar com ela, eu estaria sozinha. Não quero nem vê-la”.

Ainda, ela contou sobre a personalidade do pai: “Ele é misógino, agressor, odeia mulheres e acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar [...] Ainda não consigo acreditar, mas estou me esforçando. Juro que o máximo que pensei que fosse possível era meu pai sair na mão, mas quando eles chegaram, ele me mandou entrar e começou a atirar”.

Tanto Isabela quanto a mãe já prestaram depoimento. Segundo o advogado de Isabela, a ida à sua casa não teria ocorrido para pedir o aval da família para o namoro, mas que as vítimas teriam dado uma carona para ela. Assim que chegaram na porta, o pai teria discutido com a filha, ordenou que ela entrasse e o acusado, armado, atirou nas vítimas.

Rafael interpretou o personagem Paçoca, da novela infanto-juvenil Chiquititas, além de ser conhecido também pelo comercial em que uma criança pedia brócolis para a mãe.