Policiais civis da 1ª DISCCPAT (DEIC), prenderam nesta quinta-feira (29), dois homens, por crimes contra a Saúde Pública. Eles foram detidos durante investigações que apuravam a utilização de galpões na região para o armazenamento de cargas ilícitas.   Durante as diligências, os agentes abordaram um caminhão que deixava o local. No interior de um galpão localizado na área rural do município, encontraram uma fábrica clandestina produzindo diversas marcas de origem paraguaia.   Outro suspeito foi detido, enquanto esperava para carregar cerca de 250 caixas de cigarro. Também foram localizados embalagens, filtros, carimbos e maquinários diversos, além de grande quantidade de tabaco e produtos destinados à produção ilegal.   Eles foram presos e encaminhados à Justiça. Todo material foi apreendido e encaminhado para Receita Federal.   As investigações prosseguem. Fonte: Polícia Civil SP